Eleições 2020: Macapá terá segundo turno; conheça os candidatos

Neste domingo (6), 219.161 eleitores de Macapá foram às urnas para votar em vereadores e prefeitos para gerir a cidade nos próximos anos. Para a prefeitura, os cidadãos da cidade levaram dois candidatos ao 2º turno: Josiel Alcolumbre, do DEM (Democratas), com 59.511 votos recebidos, e Dr. Furlan, do Cidadania, que passou dois adversários para prosseguir a disputa eleitoral, com 32.369 votos. 

Eleições 2020: Macapá terá segundo turno; conheça os candidatos (Imagem: Google/Reprodução)
Eleições 2020: Macapá terá segundo turno; conheça os candidatos (Imagem: Google / Reprodução)

A decisão pelo novo prefeito de Macapá será realizada em um 2º turno, no dia 20 de dezembro. O adiamento aconteceu em função de crise energética que atingiu o Amapá em novembro, fazendo com que os eleitores não pudessem cumprir o direito cívico na mesma data que o restante do país.

De acordo com boletim publicado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), as urnas foram 100% apuradas às 19h30, tendo registrado 59.511 votos (29,47% dos votos) para Josiel Alcolumbre e 32.369 votos (16,03% dos votos) para Dr. Furlan. O órgão contabilizou 219.161 eleitores (74,19%) que compareceram às urnas.

Leia mais: Eleições 2020: Conheça os 23 vereadores eleitos para Macapá

Destes, 5.740 (2,64%) votos foram em branco, e 9.512 (4,38%), nulo. A abstenção foi de 25,81% – o que representa que 75.557 eleitores não foram às seções eleitorais neste domingo.

Ainda segundo boletim do TSE repassado ao G1, 4.560 eleitores (6,03% do total de abstenções) justificaram ausência por meio do e-Título até às 18h deste domingo, que afirmou que o aplicativo funcionou sem instabilidade.

Disputa acirrada em Macapá

Ao longo do período de campanha eleitora, os candidatos oscilaram de posição nas pesquisas de intenções de voto. No dia 14 de outubro, Capi liderava com 17%, seguido de Josiel (16%), Dr. Furlan (13%) e Patrícia Ferraz (13%), na primeira pesquisa Ibope.

Na semana passada, publicamos a pesquisa realizada pelo Instituto Ecos, que foi realizada no dia 24 de novembro. Nela, Josiel estava empatado com Capiberibe, do PSB (Partido Socialista Brasileiro).

Já na pesquisa do dia 28 de outubro, João Capiberibe liderava com 22,7% dos votos válidos. No dia 7 de novembro, chegou a subir para 26%.

No dia 14 de novembro, João caiu para o quinto lugar na disputa, com 12,5% dos votos válidos. Nas duas últimas semanas antes do pleito, porém, Capi teve uma recuperação, subindo quase 9 pontos e chegando a 21,4% dos votos.

Josiel Alcolumbre aparecia com 24,9% das intenções de votos na pesquisa do dia 28 de outubro, subindo para 29,5%, no dia 7 de novembro. Caiu para 19,1%, em 14 de novembro, e teve uma leve recuperação para 20,6%, nesta rodada do dia 24 do mesmo mês. Dr. Furlan era um dos dois candidatos que estavam subindo nas intenções de voto.

Leia mais: Concursos 2021: QUATRO editais previstos para tribunais no Norte e Nordeste

Já neste domingo, no dia da votação, o G1 reportou que Josiel permaneceu como o que mais recebeu votos válidos neste 1º turno na apuração que começou a ser divulgada às 17h30.

Capi (PSB) começou recebendo mais votos que Dr. Furlan e, com 77% das urnas apuradas, o candidato do Cidadania ultrapassou o do PSB, e se manteve assim até o fim, garantindo a segunda vaga para a disputa do dia 20.

Veja o resultado por candidato com 100% das urnas apuradas

Josiel (DEM) – 29,47% (59.511 votos)
Dr. Furlan (Cidadania) – 16,03% (32.369 votos)
Capi (PSB) – 14,94% (30.160 votos)
Cirilo Fernandes (PRTB) – 11,68% (23.588 votos)
Patrícia Ferraz (Podemos) – 11,27% (22.761 votos)
Guaracy (PSL) – 8,51% (17.182 votos)
Paulo Lemos (Psol) – 3,96% (7.998 votos)
Haroldo Iram (PTC) – 1,99% (4.022 votos)
Professor Marcos (PT) – 1,52% (3.075 votos)
Gianfranco (PSTU) – 0,62% (1.243 votos)

Jornalista graduada pela FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação). Foi repórter do site MigraMundo e Startupi, atuou na comunicação de ONG e em assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como jornalista freelancer e redatora do Jornal O Norte.