FGTS Emergencial: Veja o que fazer para acessar o aplicativo e se prevenir de golpes

Milhares de trabalhadores com direito ao saque emergencial do FGTS foram vítimas de golpe. Ao tentar acessar os valores, descobriram que o dinheiro já havia sido retirado da conta. Na maioria dos casos, os golpistas se cadastram no aplicativo Caixa Tem com nome e CPF dos trabalhadores, mas usando um e-mail falso, e conseguem ter acesso ao dinheiro.

FGTS Emergencial: Veja o que fazer para acessar o aplicativo e se prevenir de golpes
FGTS Emergencial: Veja o que fazer para acessar o aplicativo e se prevenir de golpes. (Imagem: Google)

A Caixa Econômica Federal não informou a quantidade de pessoas que reclamaram a retirada indevida do dinheiro. O banco afirmou que o montando é devolvido ao beneficiário se houver comprovação de saque fraudulento. A Polícia Federal está investigando o caso e divulga algumas ações para prevenir fraudes pelo aplicativo, confira abaixo.

Veja como evitar golpes no saque do FGTS Emergencial

A primeira recomendação é que os trabalhadores utilizem apenas os canais oficiais do banco para obter informações sobre o saque do benefício e não forneçam senhas ou outros dados de acesso em outros sites ou aplicativos. Além disso, os usuários devem ficar atentos a atividades não usuais e não clicar em links recebidos por SMS, WhatsApp ou redes sociais.

O banco também recomenda a utilização de navegadores e softwares de antivírus atualizados nos dispositivos de acesso às contas e reforça que a Caixa nunca pede senha e assinatura eletrônica na mesma página.

Leia mais: Saiu a NOVA parcela do FGTS emergencial; confira quem recebe

Clientes que foram vítimas de fraudes precisam procurar uma agência bancária e solicitar a abertura de uma contestação do saque. O prazo de resposta do banco é de 10 dias. Segundo a polícia, a vulnerabilidade do sistema está no processo de confirmação das informações.

Dessa forma, o ideal é conferir o quanto antes o saldo do FGTS antes de retirá-lo. Na maioria das vezes, a vítima só percebe que caiu no golpe quando tenta se cadastrar no aplicativo Caixa Tem e o sistema acusa que já existe um cadastro com o CPF em questão.

O FGTS emergencial possui dois calendários, o de depósito em conta digital e o de saque e transferência. As datas podem ser consultadas no site do banco. A Caixa concluiu os pagamentos no dia 21 de setembro, mas ainda há datas de liberação para a segunda etapa.

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do Jornal O Norte.