Visitação aos cemitérios públicos de Manaus está suspensa no Dia do Pais

A Prefeitura de Manaus suspendeu a visitação aos cemitérios públicos durante o Dia dos Pais, celebrado no próximo domingo (9). O acesso será restrito ao atendimento de novos sepultamentos e às pessoas que acompanharão o enterro no dia.

Visitação aos cemitérios públicos de Manaus está suspensa no Dia do Pais
Visitação aos cemitérios públicos de Manaus está suspensa no Dia do Pais. (Imagem: Google).

A ação foi determinada em função do Decreto 4.801, de 11 de abril de 2020, da Prefeitura de Manaus, sobre o funcionamento dos cemitérios na capital durante o surto do Covid-19.

Para o dia 9 de agosto a Prefeitura seguirá as mesmas medidas adotadas durante o Dia das Mães, segundo a Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp).

A determinação visa evitar aglomerações durante a pandemia. A medida é válida tanto para todos os cemitérios públicos que são administrados pela Prefeitura. A entrada de visitantes está restrita desde 11 de abril. Apenas cinco pessoas podem entrar, caso sejam familiares ou amigas da pessoa a ser sepultada.

Leia mais: Crise: No Amazonas, mais de 14 mil vagas de empregos foram fechadas em 2020

Dia dos Pais é a terceira data mais movimentada do ano em cemitérios

A data é considerada a terceira mais movimentada em relação a visitações nos cemitérios, perdendo apenas para o Dia de Finados e Dia das Mães, respectivamente. No ano passado, segundo a Semulsp, mais de 40 mil visitantes estiveram nos cemitérios de Manaus durante o Dia do Pais. Para se ter uma ideia, no Dia de Finados o número de visitantes chega a 500 mil.

Manaus possui 36 mil casos de coronavírus e mais de 2 mil mortes

Segundo o boletim epidemiológico em todo o Estado do Amazonas, 103 mil pessoas foram infectadas com o novo coronavírus e 3 mil morreram em decorrência da doença. A capital possui 36 mil casos do vírus confirmados e mais de 2 mil óbitos. Julho foi o mês com menos mortes por coronavírus na cidade. Por cinco dias 4,8,15, 25 e 27, Manaus não registrou mortes por Covid-19.

Leia mais aqui.

A capital amazonense chegou a registrar 79 mortes por Covid-19 em um único dia, em 15 de maio. O mês de julho foi fechado com 64 mortes. No mês anterior, quando houve a reabertura do comércio o número de óbitos chegou a 169.

 

 

Facebook Comments