Abono Salarial: Caixa libera mais uma etapa de pagamento para nascidos em outubro

Na quarta-feira de ontem (14), a Caixa Econômica Federal iniciou o pagamento do Abono Salarial uma espécie de 14º salário para os trabalhadores que nasceram em outubro e que ainda não receberam o dinheiro por meio de crédito em conta.

Abono Salarial: Caixa libera mais uma etapa de pagamento para nascidos em outubro
Abono Salarial: Caixa libera mais uma etapa de pagamento para nascidos em outubro (Imagem: Reprodução CUT)

Abono Salarial

O 14º salário será pago para os trabalhadores formais que recebem até dois salários-mínimos, o valor do abono salarial varia entre R$ 88 a 1.045 o que vai depender é o número de meses trabalhados registrados na carteira do trabalhador.

Os trabalhadores da rede privada, podem sacar o dinheiro com o Cartão do Cidadão e senhas nos serviços de autoatendimento, lotéricas, agências e todos os locais que aceitam o Caixa Aqui. São mais de 731 mil trabalhadores nascidos em outubro que têm o direito do abono salarial, totalizando um valor de R$ 565 milhões de recursos disponibilizados somente para essa categoria.

Quem nasceu entre julho e dezembro recebem o abono salarial ainda neste ano, quem nasceu entre janeiro e junho terão o valor disponível para saque em 2021.

Para os funcionários públicos ou de empresas estatais, o valor será pago conforme o dígito final do número de inscrição do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep). Hoje, quinta-feira(15) o benefício está disponível para os inscritos com final 3.

Já os funcionários públicos com 0 final da inscrição Pasep entre 0 e 4 ainda recebem o valor neste ano, as inscrições com o final entre 5 e 9 receberão em 2021.

Leia mais: FGTS: Quem ainda pode receber o saque-emergencial de R$1.045?

Quem tem direito

Tem direito ao abono salarial 2020/2021 o trabalhador inscrito no Programa de Integração Social (PIS) há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2019, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é necessário que os dados tenham sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) ou eSocial, conforme categoria da empresa.

Recebem o benefício na Caixa os trabalhadores vinculados a entidades e empresas privadas. Em todo o calendário 2020/2021, a Caixa deve disponibilizar R$ 15,8 bilhões para 20,5 milhões trabalhadores. Quem trabalha no setor público tem inscrição no Pasep e recebem o benefício no Banco do Brasil (BB).

Para consultar se você tem direito ou não ao benefício, pode acessar o aplicativo Caixa Trabalhador, o site da caixa ou pelo atendimento Caixa ao Cidadão 0800-726-0207.

Mariana Castro é formada em Pedagogia pela Universidade Brás Cubas em Mogi das Cruzes – SP. Atualmente trabalha como professora na rede privada de ensino e dedica-se a redação do Jornal O Norte.