Aposentadoria do INSS pode ter reajuste de 25%; confira quem recebe o valor extra

Agora, os aposentados contribuintes do INSS poderão receber um aumento de 25% no valor do seu benefício. O artigo 45 da Lei nº 8.213 de 1991 prevê a informação na chamada Lei de Benefícios da Previdência Social.

Aposentadoria do INSS pode ter reajuste de 25%; confira quem recebe o valor extra (Foto: Reprodução Google)
Aposentadoria do INSS pode ter reajuste de 25%; confira quem recebe o valor extra (Foto: Reprodução Google)

Porém, nem todas as pessoas que recebem aposentadoria devem estar aptas para receber o adicional. O acréscimo faz com que o beneficiário receba mais do que o valor previsto no teto de gastos da aposentadoria.

Segundo a lei, só devem receber o adicional de 25% no benefício, os segurados que necessitam de apoio para realizar suas atividades essenciais, como um cuidador ou enfermeiro.

Beneficiários do Instituo Nacional de Seguro Social (INSS) que estão aposentados por tempo de contribuição, pela idade mínima ou por necessidades especiais, devem comprovar o custo de acompanhamento para receber o acréscimo.

Algumas doenças que podem dar direito ao adicional são;

  • Cegueira total;
  • Perda de nove dedos das mãos ou superior a esta;
  • Paralisia dos dois membros superiores ou inferiores;
  • Perda dos membros inferiores, acima dos pés, quando a prótese for impossível;
  • Perda de uma das mãos e de dois pés, ainda que a prótese seja possível;
  • Perda de um membro superior e outro inferior, quando a prótese for impossível;
  • Alteração das faculdades mentais com grave perturbação da vida orgânica e social;
  • Doença que exija permanência contínua no leito;
  • Incapacidade permanente para as atividades da vida diária.

Quem já recebe pensão por morte, não poderá receber esse tipo de auxílio.

Leia mais: Aposentadoria INSS: Veja os tipos de revisões podem ser feitas no valor do benefício

Para realizar a solicitação pelo INSS

O Governo Federal estuda a possibilidade de oferecer esse tipo de adicional para os demais tipos de aposentadoria, mas por enquanto somente pessoas com limitações podem receber.

Para a comprovação exames, atestados e perícias são feitas pelo INSS.

Por fim, para solicitar o benefício de 25%, o segurado pode recorrer ao site MEU INSS, que funciona como uma plataforma online para auxiliar aos segurados.

Com o aplicativo instalado no meu smartphone, siga o passo a passo;

  • Faça o cadastro, com o login e a senha;
  • Depois, vá até a aba de “Agendamentos/Requerimentos”;
  • Escolha a opção “Novo Requerimento”;
  • Pesquise pelo termo “acréscimo” e selecionar o serviço de “Solicitação de Acréscimo de 25%”;
  • Acompanhe seu pedido pelo app, e a perícia deve ser agendada, ou solicitada com a apresentação de algum documento, o segurado será notificado por e-mail e pelo portal do MEU INSS.

Larissa Luna é graduanda em Psicologia pela Faculdade Frassinetti do Recife (FAFIRE) e graduanda em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Como universitária, estuda analises de pesquisas feitas a partir de conceitos sociológicos e antropológicos em paralelo com a Psicologia. Atualmente dedica-se a redação do Jornal O Norte.