Bolsa Família: Quem tem direito? Saiba como receber o benefício

O Bolsa Família é um programa social criado pelo antigo governo em 2003. O valor pago por esse programa são para as famílias em situação de pobreza ou de extrema pobreza. Veja abaixo quem tem direito, quem recebe, como pedir e algumas outras dúvidas.

Bolsa Família: Veja PASSO A PASSO como pedir o benefício
Bolsa Família: Veja PASSO A PASSO como pedir o benefício (Imagem: Reprodução Diário do Nordeste)

Quem tem direito de receber o Bolsa Família?

Para receber o benefício, a renda mensal das famílias precisam ser:

  • Famílias com renda mensal de até R$ 89 por pessoa;
  • Famílias com renda mensal entre R$ 89,01 e R$ 178 por pessoa desde que tenham gestantes ou crianças e adolescentes até 17 anos.

Qual o valor do Bolsa Família?

O valor pago vai depender da renda de cada família e a quantidade de crianças e adolescentes.

Benefício básico

R$ 89: Pago apenas às famílias em extrema pobreza, ou seja, com renda mensal de até R$ 89 por pessoa.

Benefícios variáveis (até cinco por família)

  • R$ 41: Pago às famílias com renda mensal de até R$ 178 por pessoa e que tenham crianças ou adolescentes até 15 anos em sua composição;
  • R$ 41: Pago às famílias com renda mensal de até R$ 178 por pessoa e que tenham grávidas em sua composição. São nove parcelas mensais;
  • R$ 41: Pago às famílias com renda mensal de até R$ 178 por pessoa e que tenham crianças até seis meses em sua composição. São seis parcelas mensais.

Leia mais: Com o projeto para o Renda Cidadã travado, Bolsa Família continua mantido em 2021

Benefício variável vinculado ao adolescente (até dois por família)

R$ 48: Pago às famílias com renda mensal de até R$ 178 e com adolescentes de 16 ou 17 anos.

Como realizar o cadastro no Bolsa Família

Para fazer o cadastro é preciso comparecer em alguma unidade do Centro de Referência de Assistência Social- CRAS ou a prefeitura da sua cidade e fazer a inscrição no Cadastro Único do Governo Federal.

Depois de ter feito o cadastro ele irá ser analisado pelo governo. A concessão do pedido vai depender de quantas famílias estão sendo atendidas no mesmo benefício e também o orçamento do programa. O Ministério da Cidadania garante que o programa é dinâmico e todos os meses novos beneficiários estão sendo incluídos no programa.

Documentos necessários para a inscrição do CadÚnico

Membro responsável da família: CPF ou título de eleitor.

Demais integrantes da família: certidão de nascimento, certidão de casamento, RG, CPF, carteira de trabalho ou título eleitor.

Mariana Castro é formada em Pedagogia pela Universidade Brás Cubas em Mogi das Cruzes – SP. Atualmente trabalha como professora na rede privada de ensino e dedica-se a redação do Jornal O Norte.