Diploma digital e Enem online: Conheça as mudanças do MEC para 2021

O Ministério da Educação (MEC) anunciou as mudanças para 2021 no que se refere ao Enem em novo formato, online, e sobre a possibilidade de disponibilizar o diploma em modalidade digital. O principal intuito do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) é que este formato digital seja a única realidade do exame até 2026.

Diploma digital e Enem online: Conheça as mudanças do MEC para 2021
Diploma digital e Enem online: Conheça as mudanças do MEC para 2021 (Imagem: Reprodução/ Google)

O Enem serve como porta de entrada para as instituições de ensino superior, independente da modalidade pública ou privada. Por meio do Sistema de Seleção Unificada (SISU), o aluno consegue vagas em universidades públicas. As oportunidades são ampliadas para quem deseja também deseja ingressar em um ensino privado.

Por meio do PROUNI, Programa Universidade para Todos, o estudante consegue bolsas de estudos que podem ser integrais ou parciais com um desconto de 50%. O ingresso ao ensino superior também pode ser realizado por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) através de créditos estudantis e possibilidade de pagamento após a conclusão do curso escolhido.

Leia mais: Prouni 2021 vai usar a nota do Enem 2019 ou 2020? Saiba TUDO sobre o programa

De acordo com o Coordenador Geral de Exames para Certificação do órgão, Eduardo Sousa, o INEP tem a intenção de tornar o exame totalmente digital até 2026. O Enem 2020 vai estrear essa categoria.

Ao todo, 96 mil pessoas estão inscritas para a realização do exame digital. Por mais que seja uma categoria nova e que gere muitas dúvidas, é importante lembrar que as provas não serão feitas em casa.

Assim como o Enem convencional, na modalidade impressa, o estudante precisa se dirigir à unidade para realização da prova em laboratórios de informática destinados ao exame. O tempo de prova será o mesmo e o cartão de confirmação do exame será igual. 5,8 milhões de estudantes estão inscritos no Enem.

Mesmo com a pandemia, o Enem está marcado para acontecer em janeiro. A prova comumente realizada nos meses de outubro e novembro de cada ano, teve a data modificada para longo prazo pela primeira vez na história do exame. Eduardo garantiu que as provas acontecerão seguindo os protocolos de segurança do Ministério da Saúde:

“Os participantes podem ficar tranquilos. Toda a estrutura que estamos preparando para o Enem digital vai seguir a mesma qualidade da aplicação regular, que é a aplicação em papel”.

Leia mais: Bolsonaro VETA instalação obrigatória de banda larga nas escolas públicas; entenda

Já o diploma digital, será uma forma de facilitar o acesso ao documento de conclusão do curso, além de ser um método preventivo e de combate à disseminação do novo coronavírus. A decisão vale para 69 universidades de Âmbito federal e 41 instituições da mesma rede.

De acordo com Milton Ribeiro, Ministro da Educação, o sistema digital precisa ser ampliado, e destaca:

“Muitas universidades já têm essa certificação, mas nós temos que centralizar e, depois, inclusive, abrir para as privadas.”

Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do Jornal O Norte traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.