Eleições 2020: Conheça os aplicativos que ajudam mesários, eleitores e candidatos

Cinco aplicativos que oferecem serviços relacionados às eleições 2020 estão disponíveis neste ano e podem ser utilizados por eleitores, mesários e candidatos. Boletim de Mão, Mesário, e-Título, Pardal e Resultados estão disponíveis gratuitamente nas lojas virtuais, em sistemas Android e IOS.

Eleições 2020: Conheça os aplicativos que ajudam mesários, eleitores e candidatos
Eleições 2020: Conheça os aplicativos que ajudam mesários, eleitores e candidatos. (Imagem: Google)

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os aplicativos foram desenvolvidos para facilitar o processo das eleições e tirar dúvidas. Confira as funcionalidades de cada um.

Aplicativos voltados às eleições 2020

O app mais popular entre os eleitores é o e-Título, que consiste na via digital do título de eleitor. Ele disponibiliza informações sobre o local de votação e a situação eleitoral, emite certidões de quitação eleitoral e de crimes eleitorais e possibilita justificar o voto.

O Pardal é o aplicativo que recebe denúncias de irregularidades em propaganda eleitoral, por meio do envio de fotos e vídeos. Este ano, disponibilizará um link específico para denúncias no Ministério Público Eleitoral de cada estado.

O Boletim na Mão mostra os resultados apurados nas urnas. Foi desenvolvido pela Justiça Eleitoral e fornece ao eleitor todo o conteúdo dos Boletins de Urna (BU) ao final dos trabalhos da seção eleitoral, basta ler o código QR Code impresso nos documentos.

Leia mais: Eleições 2020: Conheça os novos protocolos de segurança para o dia da votação

O aplicativo Resultados também é utilizado para o andamento do processo de totalização das eleições. Com ele, é possível seguir a contagem dos votos em todo o Brasil.

O aplicativo Mesário reúne informações para quem foi convocado ou se voluntariou para atuar nas eleições. A ferramenta existe desde 2016, mas é aprimorada a cada pleito. No geral, contém instruções sobre a atividade do mesário na seção eleitoral e também oferece treinamento para quem vai prestar o serviço de forma simples e rápida.

Este ano, foi amplamente utilizado para a função, já que não houve treinamento presencial. O app também oferece orientações sobre todo o processo, datas importantes do calendário eleitoral, dicas e soluções, além de vídeos e de um questionário de avaliação que pode ser preenchido ao final da eleição.

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do Jornal O Norte.