Em Fortaleza, leilão da Receita Federal oferece iPhone 11 a partir de R$ 1,8 mil até HOJE (9)

A Receita Federal está realizando um leilão em Fortaleza, no Ceará, e recebe propostas até esta quarta-feira (9). Os lances devem ser dados através do site oficial do órgão. Entre os produtos disponíveis no leilão estão computadores, veículos e celulares por preços imbatíveis com o mercado.

Em Fortaleza, leilão da Receita Federal oferece iPhone 11 a partir de R$ 1,8 mil até HOJE (9)
Em Fortaleza, leilão da Receita Federal oferece iPhone 11 a partir de R$ 1,8 mil até HOJE (9) (Imagem: Reprodução/Google)

No site da Receita Federal está a lista completa dos produtos leiloados e apresenta o total de 91 lotes. O leilão será online e pode ser acompanhado aqui. Entre os anúncios mais atrativos, estão:

  • IPhone 11 de 64GB por R$ 1.800;
  • Veículo automotor e um semi-reboque com lance inicial a partir de R$ 10 mil;
  • Lote completo com boxes de vinhos por R$ 4 mil;
  • Lote com 30 aparelhos celulares da marca Xiaomi por R$ 12 mil;
  • MacBook com tela de 12 polegadas para lances a partir de R$ 2.500.

As mercadorias puderam ser avaliadas em horário de expediente normal e de acordo com cada lote. Os lotes 34 a 65; 84 a 86 e 88 a 90 puderam ser visitados até dia 04 de dezembro. Já os de número 01 a 33 tiveram um horário diferenciado de visitação funcionando de 13h às 17h. O restante dos produtos tiveram o mesmo horário para análise dos produtos, com exceção do lote 91 que finalizou o atendimento às 16h30.

As transações de venda e compra para locais além do Ceará ficam sob a responsabilidade dos compradores. Podem participar do evento as pessoas físicas e jurídicas se cumprirem as regras determinadas pelo edital.

Leia mais: Detran-AM realiza leilão online com mais de MIL veículos e lances a partir de R$100

Para pessoa física é necessário que tenha maioridade, apresente o certificado da e-CAC do órgão da Receita Federal e o CPF. Para pessoa jurídica, é obrigatório ter o CNPJ válido, além de não estar em débito com a Receita.

Segundo a Receita Federal, após o arremate da mercadoria, o limite para retirada é de no máximo 30 dias. Já as normas de pagamento exige o valor integral até o primeiro dia útil após a data da compra ou a possibilidade de pagar o percentual de 20% do valor do lance com o prazo máximo de até o primeiro dia útil depois da data de arremate.

Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do Jornal O Norte traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.