FGTS: Confira o calendário de pagamento do saque aniversário 2021

A Caixa Econômica Federal lançou o calendário de pagamento para o saque aniversário do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) 2021. Os nascidos em janeiro já podem sacar o dinheiro.

FGTS: Confira o calendário de pagamento do saque aniversário 2021
FGTS: Confira o calendário de pagamento do saque aniversário 2021 (Imagem: Montagem / Jornal O Norte)

A retirada funciona da seguinte maneira: quem optou por receber o saque aniversário, pode sacar o benefício a partir do primeiro dia útil do mês do seu aniversário e segue até o último dia útil do segundo mês consecutivo. 

Ou seja, se uma pessoa faz aniversário em janeiro, ela tem o período entre o dia 4 de janeiro até o dia 31 de março. 

Após o período passado, se o dinheiro não for sacado ele retorna para a conta do FGTS.

Leia mais: Calendário de NOVOS pagamentos do PIS/Pasep 2020/2021 começa quarta-feira (19)

Confira abaixo o novo calendário de 2021 

  • Nascidos em janeiro: de janeiro a 31 de março
  • Nascidos em fevereiro: de fevereiro a 30 de abril
  • Nascidos em março: de março a 31 de maio
  • Nascidos em abril: de abril a 30 de junho
  • Nascidos em maio: de maio a 30 de julho
  • Nascidos em junho: de junho a 31 de agosto
  • Nascidos em julho: de julho a 30 de setembro
  • Nascidos em agosto: de agosto a 29 de outubro
  • Nascidos em setembro: de setembro a 30 de novembro
  • Nascidos em outubro: de outubro a 31 de dezembro
  • Nascidos em novembro: de novembro de 2021 a 31 de janeiro de 2022
  • Nascidos em dezembro: de dezembro de 2021 a 28 de fevereiro de 2022

Como optar pelo saque aniversário?

Mais de 9 milhões de brasileiros fizeram a escolha pelo saque aniversário. A preferência pode ser realizada através do site do FGTS, no aplicativo do próprio FGTS, pelo internet banking da caixa ou nas agências. 

Leia mais: Calendário de NOVOS pagamentos do PIS/Pasep 2020/2021 começa quarta-feira (19)

Contudo, o trabalhador pode optar pelo não recebimento. A migração não é de caráter obrigatório. 

Quem não receber continuará com a opção de saque-rescisão, que permite apenas acesso ao fundo para compras de imóveis, para aposentadoria e demissão sem justa causa. 

Saque aniversário 

Criado em 2019, a opção começou a valer em 2020 e permite que o trabalhador retire todo ano um percentual de seu Fundo de Garantia, mas com uma condição: ele não poderá retirar o valor cheio em caso de demissão. 

O saque aniversário  permite que seja retirado até 50% do fundo para quem tem até R$500 na conta e 5% para quem tem acima de R$ 20 mil.