Greve dos correios acaba e órgão anuncia retorno das atividades

Funcionários dos Correios voltarão ao trabalho após decisão do TST (Tribunal Superior do Trabalho) de aprovar o reajuste de 2,6% da categoria. Expectativa era que os servidores voltassem aos postos nesta terça-feira (22).

Greve dos correios acaba e órgão anuncia retorno das atividades (Foto: Reprodução/Google)
Greve dos correios acaba e órgão anuncia retorno das atividades (Foto: Reprodução/Google)

Além do julgamento favorável para a categoria, boa parte dos ministros entenderam que o movimento grevista iniciado no dia 17 de agosto não foi abusivo. Metade dos 35 dias de greve serão descontados dos salários dos empregados. Os dias restantes deverão ser compensados. 

Caso a categoria não cumpra o que foi deliberado para o retorno imediato, será cobrado multa diária no valor de R$ 100 mil.

Leia mais: Desemprego cresce e chega a 1 mi de pessoas em uma semana, segundo IBGE

A Fentect (Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresa dos Correios e Similares) criticou a decisão do TST em nota.

“Essa decisão representa mais um ataque aos direitos da classe trabalhadora, e um retrocesso a nossa categoria. É mais uma mostra de como o Judiciário se mantém servil ao patronato, atuando de forma político partidária, e se mantendo distante do propósito de justiça e dignidade à classe trabalhadora”, disse o secretário-geral da federação, José Rivaldo da Silva.

Entre as perdas contabilizadas pela entidade está a redução dos dias de licença maternidade, que caíra de 180 para 120 dias – como praticada em todo o governo federal. Ele ainda menciona que o reajuste é insuficiente.

Retomada de serviços

Até o dia 21, na segunda-feira, a Fentect havia orientado todos os sindicatos filiados a manterem a realização de assembleias previstas para terça-feira (22).

Mas, durante a tarde, a organização publicou outra nota atualizando o cenário; dizendo que a greve foi vitoriosa pela construção da unidade da classe e orientando o retorno ao trabalho.

“Conforme deliberado em reunião, a FENTECT orienta os sindicatos filiados a retornarem ao trabalho e realizarem assembleias para retomada das atividades a partir das 22h desta terça-feira, 22 de setembro”.

Posicionamento dos Correios

Em nota, Os Correios (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) preocuparam-se em reafirmar a efetivação do serviço durante a greve dos trabalhadores.

A estatal acrescentou em nota que vem buscando negociar os termos do Acordo Coletivo de Trabalho 2020/2021 desde o mês de julho para fortalecer as finanças e preservar sua sustentabilidade

“A empresa agora empreenderá todos os esforços para recompor os índices de eficiência dos produtos e serviços, considerados essenciais, nesse momento em que a população brasileira mais precisa”, garante o documento.

Jornalista graduada pela FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação). Foi repórter do site MigraMundo e Startupi, atuou na comunicação de ONG e em assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como jornalista freelancer e redatora do Jornal O Norte.