Iapen informa o retorno gradual de visitas nas unidades prisionais do Acre

O Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC) liberou, na última terça-feira (11), o retorno das visitas de forma gradual após suspensão por consequência da pandemia do coronavírus. 

Iapen informa o retorno gradual de visitas nas unidades prisionais do Acre
Iapen informa o retorno gradual de visitas nas unidades prisionais do Acre (Imagem: Reprodução Google)

De acordo com o Iapen, as visitas retornam no próximo fim de semana e vão ocorrer a cada 15 dias nas unidades prisionais do estado, obedecendo o cronograma de cada unidade prisional. No entanto, as visitas íntimas, que eram feitas durante a semana, ainda não estão permitidas.

Antes mesmo que os casos de Covid-19 começassem a ser registrados nos presídios, a presidência do Iapen tomou a decisão de realizar a suspensão das visitas.

Sendo assim, para evitar a disseminação dos casos de Covid-19 dentro dos presídios, é essencial  atender às medidas de prevenção, contenção de riscos, danos e agravos à saúde de policiais penais, servidores da administração penitenciária, colaboradores, bem como as pessoas privadas de liberdade.

Confira as medidas que devem ser adotadas no sistema penitenciário 

  • As visitas serão restritas apenas a uma pessoa da família por preso, que tenha carteira de visitante, e que seja cônjuge pais ou irmão, e tenha idade entre 18 e 59 anos e não faça parte do grupo de risco;
  • Visitantes portadores de necessidades especiais precisam apresentar laudo médico que comprove não pertencerem ao grupo de risco;
  • A entrada de alimentos também será restrita. Mas, o órgão não informou o que não vai poder entrar;
  • A visita familiar vai ocorrer aos finais de semana e a cada 15 dias, com a avaliação da equipe técnica do Iapen nos intervalos para averiguar os picos da Covid-19;
  • O tempo de visita vai ser de até três horas, mas deve observar o calendário formulado pela direção de cada unidade prisional;
  • É obrigatório o uso de máscaras faciais durante todo o período de permanência dos visitantes no interior das celas, pavilhões e unidades prisionais;
  • Pessoas idosas, crianças e gestantes não vão poder entrar nas unidades.

Segundo a portaria, os visitantes que estão com a documentação vencidas durante o período de pandemia, ou seja, entre os meses de março e agosto, vão poder ingressar nos presídios até que seja feita a renovação. 

Leia mais: Governo do Acre injeta mais de R$ 270 mi na economia para manter pagamento de servidores em dia

Ademais, barreiras sanitárias foram instaladas nas unidades prisionais, com isso, todos os visitantes devem passar por verificação, inclusive de temperatura corporal, antes da visita. 

Casos de Covid-19 no sistema penitenciário do Acre 

Até a segunda-feira (10), conforme informou o Iapen, foram registrados 641 casos considerados suspeitos entre servidores. Destes, 364 foram confirmados com a doença, sendo 336 policiais penais e 28 servidores administrativos. Outros 266 casos foram descartados e 11 considerados indetectáveis.

Além disso, 349 servidores já foram considerados curados. Já entre as pessoas privadas de liberdade, foram notificados 281 casos. Destes, 195 foram confirmados com a doença, 84 foram descartados, um indetectável e um inconclusivo. Foram considerados curados 169 presos e três óbitos foram registrados.

 

Facebook Comments