INSS anuncia data para início de atendimento por telemedicina

Os segurados do INSS agora podem realizar o exame da perícia médica através da internet. O serviço é oferecido para algumas empresas e está em período de teste e deve ter início na próxima semana.

INSS anuncia data para início de atendimento por telemedicina (Foto: Reprodução Google)
INSS anuncia data para início de atendimento por telemedicina (Foto: Reprodução Google)

Como forma de atender os cidadãos que tiveram suas solicitações paralisadas devido a pandemia da Covid-19, o Instituto Nacional do Seguro Social iniciou o processo de atendimento online para a realização de perícia médica.

A ferramenta está sendo estudada e ainda em período de teste, por isso não é acessível para todas as pessoas, mas sim para alguns grupos específicos.

A perícia médica é necessária para a concessão de auxilio-doença, auxílio-acidente e aposentadoria para pessoas deficientes, por exemplo.

Na próxima semana, o período de teste será iniciado e se obter sucesso, pode ser levado até para o ano que vem.

A medida é importante por que cerca de 200 mil processos estão paralisados na fila de espera da perícia médica e no âmbito administrativo quase um milhão de segurados esperam a consulta, segundo o Conselho Nacional de Justiça.

Neste momento, o procedimento será para um grupo restrito de pessoas, os segurados das empresas que possuem acordo de cooperação com o INSS e que tenham formalizado o termo de adesão à experiência piloto.” Informa a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho.

Leia mais: Aposentadoria INSS: STJ anuncia benefício maior para brasileiros que estão na fila

A iniciação do projeto do INSS

Para dar início a experiência, as perícias médicas devem ser iniciadas a partir da próxima segunda-feira (16) e provavelmente estenderá até o dia 31 de janeiro de 2021.

Cerca 300 empresas estão em parceria com o INSS para dar início ao serviço on-line.

A medida foi tomada tanto para dar continuidade ao processos paralisados quanto para evitar aglomerações nas unidades de realização de perícia médica, e se tiver sucesso poderá contemplar diversas empresas e instituições.

A Secretária informa que o protocolo da experiência está sendo aperfeiçoado;

 “A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho e o Instituto Nacional do Seguro Social realizaram reuniões com o Conselho Federal de Medicina e a Associação Nacional de Medicina do Trabalho para aperfeiçoar o protocolo e dar cumprimento à decisão do tribunal”, informou a secretaria.

Larissa Luna é graduanda em Psicologia pela Faculdade Frassinetti do Recife (FAFIRE) e graduanda em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Como universitária, estuda analises de pesquisas feitas a partir de conceitos sociológicos e antropológicos em paralelo com a Psicologia. Atualmente dedica-se a redação do Jornal O Norte.