INSS define PRAZO para agendamento de perícia médica DESTE grupo

O Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) estabeleceu um novo prazo para agendamento de perícia médica para pessoas que realizaram a solicitação do benefício depois do dia 1º de fevereiro, e não iniciaram com o atendimento ou tiveram o adiantamento negado. O órgão anunciou que o segurado tem a data máxima de 30 dias para realizar o agendamento.

INSS define PRAZO para agendamento de perícia médica DESTE grupo
INSS define PRAZO para agendamento de perícia médica DESTE grupo (Imagem: Montagem / Jornal O Norte)

O prazo definido pelo INSS é direcionado ao grupo de pessoas em duas ocasiões diferentes. Quem a partir de 1º de fevereiro realizou a petição do benefício, mas não conseguiu agendar a perícia necessária e também para solicitantes que pediram o adiantamento do auxílio-doença e teve o pedido negado.

Leia mais: INSS confirma AUMENTO de 25% no valor DESTE benefício para 2021; saiba quem recebe

De acordo com o edital divulgado pelo INSS, o segurado tem até dia 16 de janeiro para realizar o agendamento. O pagamento liberado será acrescido do período em que o benefício ficou seguro junto ao sistema. O beneficiado pode escolher dentre as três formas de agendamento da perícia.  O processo pode ser feito:

  • Pelo telefone 135;
  • Pela internet através do site do INSS;
  • Pelo aplicativo que pode ser usado nos aparelhos celulares.

De acordo com o órgão, é necessário que o solicitante vá ao atendimento levando os documentos atuais e antigos, isto é, do início do processo de adoecimento. Além disso, é essencial manter o cadastro sempre ativo, com o endereço de e-mail e o telefone atualizados.

Durante a pandemia, as agências foram fechadas a fim de evitar o avanço da disseminação do novo coronavírus. As unidades ficaram fechadas pelo prazo de março a setembro e o auxílio-doença foi liberado sem a necessidade de perícia, apenas com o envio do atestado médico como forma comprovatória de doença.

Leia mais: Bolsa Família: Beneficiários recebem NOVO pagamento pelo Caixa TEM; saiba como acessar

O adiantamento disponibilizado foi referente ao valor de um salário mínimo. Para aqueles que recebiam um valor acima de R$ 1.045, a diferença começou a ser paga em outubro. As pessoas que tem direito ao benefício mas ainda não receberam devem se dirigir às agências e realizar a solicitação.

Para causas além de 60 salários mínimos, o segurado vai precisar mover uma ação judicial. O prazo máximo para realizar o agendamento é 16 de janeiro de 2021. Atualmente, as perícias retornaram e o atendimento voltou com agendamento prévio.

Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do Jornal O Norte traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.