Liberado o pagamento do FGTS Emergencial; confira calendário

O pagamento do FGTS para trabalhadores nascidos em julho já foi liberado pela Caixa Econômica Federal. Os valores serão creditados em poupança social digital e estarão disponíveis apenas para pagamentos e compras por cartão de débito virtual. Saques e transferências serão liberados a partir de 17 de outubro. A etapa corresponde a um valor de R$ 3,3 bilhões.

Liberado o pagamento do FGTS Emergencial; confira calendário
Liberado o pagamento do FGTS Emergencial; confira calendário. (Imagem: Google)

A liberação de créditos começou em 29 de junho, para os nascidos em janeiro, e os saques começaram em 25 de julho. Os novos pagamentos do FGTS foram disponibilizados por meio de uma medida provisória, em razão do impacto econômico causado pandemia do novo coronavírus.

Calendário de pagamentos do FGTS

A Caixa fixou datas diferentes para a liberação do crédito em conta e para saques em espécie ou transferências para evitar aglomeração nas agências. O calendário considera o mês de nascimento do trabalhador. Cada um poderá sacar até R$ 1.045.

Mês de nascimento Crédito em conta Saque ou transferência
Janeiro 29 de junho 25 de julho
Fevereiro 6 de julho 8 de agosto
Março 13 de julho 22 de agosto
Abril 20 de julho 5 de setembro
Maio 27 de julho 19 de setembro
Junho 3 de agosto 3 de outubro
Julho 10 de agosto 17 de outubro
Agosto 24 de agosto 17 de outubro
Setembro 31 de agosto 31 de outubro
Outubro 8 de setembro 31 de outubro
Novembro 14 de setembro 14 de novembro
Dezembro 21 de setembro 14 de novembro

Terão direito aos saques os trabalhadores com contas ativas, relacionadas ao emprego atual, ou inativas, de empregos anteriores. Se o beneficiário tiver mais de uma conta, o saque será feito primeiro das inativas, iniciando pelo menor saldo. Depois, o dinheiro será sacado das demais contas, sem ultrapassar R$ 1.045.

Leia mais: Banco do Brasil e Caixa antecipam saque-aniversário do FGTS.

A operação vai movimentar um total de R$ 37,8 bilhões, destinados a aproximadamente 60 milhões de trabalhadores. A Caixa disponibilizou vários canais de atendimento para consulta sobre o saque emergencial:

Quem não quiser receber o saque emergencial pode informar a opção pelo aplicativo FGTS com pelo menos 10 dias de antecedência da data prevista para o crédito na poupança social digital, de acordo com o calendário.

 

Facebook Comments

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do Jornal O Norte.