NOVO valor do PIS/Pasep em 2021 começa a ser pago em janeiro; quem tem direito?

Com o novo valor do salário mínimo tendo entrado em vigor no último 1° de janeiro, benefícios do Governo Federal também entraram no reajuste conforme o piso nacional. Entre eles, o valor do abono salarial PIS/Pasep 2020-2021, que foi atualizado de R$ 1.045 para R$ 1.100.

NOVO valor do PIS/Pasep em 2021 começa a ser pago em janeiro; quem tem direito? (Imagem: Divulgação/Caixa)

NOVO valor do PIS/Pasep em 2021 começa a ser pago em janeiro; quem tem direito? (Imagem: Divulgação/Caixa)

Os trabalhadores que têm direito ao abono começam a receber o novo valor ainda este mês, no dia 19.

O valor a ser pago pode variar de acordo com a quantidade de meses trabalhados no ano-base de 2019. Receberá o total da nova quantia aquele que ter trabalhado os 12 meses referente a 2019; o mínimo, para quem trabalhou por um mês, por exemplo, é de R$ 92.

Esse novo valor será pago para os assalariados de acordo com o mês de nascimento – setor privado – e de acordo com o dígito do Pasep – para servidores públicos. Neste mês, recebem os cidadãos nascidos em janeiro e fevereiro e aqueles que têm o dígito de número 5, do Pasep.

Leia mais: PIS/PASEP 2021: 3,5 milhões de brasileiros recebem até R$1.045 em JANEIRO

O PIS é destinado aos trabalhadores do setor privado e é pago na Caixa Econômica Federal. O Pasep é pago para servidores públicos por meio do Banco do Brasil.

Informações sobre o PIS podem ser obtidas pelo telefone 0800-726-02-07 da Caixa. O trabalhador pode fazer consulta ainda no site ou no app CAIXA Trabalhador. Para isso, é preciso ter o número do NIS (PIS/Pasep) em mãos.

De acordo com o G1, os servidores públicos que têm direito ao Pasep precisam verificar se houve depósito em conta.

Caso isso não tenha ocorrido, precisam procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação.

Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do Banco do Brasil.

Quem tem direito ao PIS/Pasep?

O abono referente ao PIS/Posso é concedido ao trabalhador que recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais com carteira assinada e exerceu atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias em 2019.

É necessário ter inscrição no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Raia (Relação Anual de Informações Sociais).

Leia mais: Seguro desemprego: Saiba QUANTO você tem direito a receber após a demissão

Como sacar o abono salarial em 2021?

Aqueles que tiverem Cartão do Cidadão e senha cadastrada poderão se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica para sacar o PIS/Pasep.

Se não tiver o Cartão do Cidadão, pode receber o valor em qualquer agência da Caixa, mediante apresentação de documento de identificação, número do PIS e CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social) – conferir.

Jornalista graduada pela FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação). Foi repórter do site MigraMundo e Startupi, atuou na comunicação de ONG e em assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como jornalista freelancer e redatora do Jornal O Norte.