Pernambuco anuncia retomada das aulas para a próxima terça-feira (8)

A partir do dia 8 de setembro, os alunos do ensino superior poderão ter retorno das aulas presenciais em Pernambuco. O governo anunciou em coletiva de imprensa transmitida no último dia 31. A educação básica segue com atividades presenciais suspensas até o dia 15 de setembro.

Pernambuco anuncia retomada das aulas para a próxima terça-feira (8)
Pernambuco anuncia retomada das aulas para a próxima terça-feira (8) (Foto: Heudes Regis/SEI)

Entre as medidas de segurança sanitária no ambiente escolar, está a distância mínima de um metro e meio entre os alunos, profissionais e colaboradores. Os diretores precisarão reduzir a quantidade de alunos presentes na escola, adotando método de rodízio. A recomendação é de que a prioridade seja dada aos estudantes que estão nos anos finais dos cursos.

De acordo com o secretário de Educação e Esportes, Fred Amâncio, a retomada será realizada por escala. De início, com 25% dos estudantes. Subindo a porcentagem presencial para 50% dos alunos e 75%, até o final do mês de setembro.

A expectativa é de que até o dia 28 todos os alunos possam voltar. Ainda durante a coletiva, o secretário Fred Amância lembrou que a retomada é opcional para as instituições e para os estudantes:

“Essa retomada é voluntária tanto para a instituição quanto para os estudantes, que poderão decidir se vão retomar agora ou se vão, articulados com a instituição, continuar as atividades de forma remota”, disse.

Apesar da autorização, as universidades públicas do estado afirmaram que as aulas remotas devem continuar.

Leia mais: Conheça o aplicativo criado para auxiliar no desempenho do Enem; jovens de Pernambuco tiveram a ideia

O retorno envolve as macrorregiões 1, 2 e para a gerência regional, com sede em Petrolina. A macrorregião 3 e as Geres com sede em Arcoverde, Serra Talhada e Afogados da Ingazeira, ainda não estão liberadas, bem como não envolve as duas Geres, da macrorregião 4 com sede em Ouricuri e Salgueiro.

Mesmo com retomada das aulas, medidas de proteção sanitária continuam

Apesar da melhoria no número de casos de Covid-19 tenha motivado a retomada, o secretário estadual de Saúde, André Longo, chamou a atenção a continuidade de cuidados no estado enquanto não houver uma vacina contra o vírus.

“O vírus continua circulando e precisamos continuar adotando muitos cuidados e muita cautela em todas as decisões que precisamos tomar”, explicou.

Em julho, o governo de Pernambuco emitiu um protocolo para retomada das aulas no estado, quatro meses após o decreto que suspendeu as aulas presenciais, no dia 18 de março.

Facebook Comments

Jornalista graduada pela FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação). Foi repórter do site MigraMundo e Startupi, atuou na comunicação de ONG e em assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como jornalista freelancer e redatora do Jornal O Norte.