Trigo no Cerrado é tema de live na Agrobrasília; pesquisas indicam potencial acima de 2 milhões de hectares

Trigo adaptou-se bem às condições do cerrado no oeste da Bahia

No primeiro dia da Agrobrasília Digital, realizada de 6 a 10 de julho, a Embrapa promove um debate online sobre as oportunidades para o crescimento do trigo na região central do Brasil. A live “Trigo – a vez do Cerrado”, realizada das 13h às 15h, contará com especialistas em genética, cooperativismo, mercado e políticas públicas.Em 2019, foram cultivados cerca de 200 mil hectares de trigo em Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, na Bahia no Distrito Federal. As pesquisas da Embrapa indicam um potencial acima de 2 milhões de hectares aptos ao cultivo de trigo na região, devendo alcançar 1 milhão de hectares com o cultivo no Cerrado até 2025, por meio de um plano de trabalho voltado ao melhoramento genético de cultivares e à transferência de tecnologia.“Aqui, produzimos um dos melhores trigos do mundo em termos de qualidade industrial para panificação”, ressalta o pesquisador Júlio Albrecht, da Embrapa Cerrados (DF). Ele vai falar sobre o potencial genético para produção de trigo no Cerrado, destacando as cultivares da Embrapa indicadas para a produção de trigo no Cerrado do Brasil Central e as medidas de manejo desses materiais para alcançar as melhores produtividades e a qualidade industrial, como as melhores épocas de plantio e o controle de pragas e doenças como a brusone, a mais recorrente na região.A live também contará com as participações do presidente da Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (Coopa-DF), José Guilherme Brenner; do responsável técnico da entidade, Claudio Malinski; e de Silvio Farnese, diretor do Departamento de Comercialização e Abastecimento do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.Eles vão abordar, no contexto do Cerrado, a visão cooperativa sobre a produção de trigo, a perspectiva comercial acerca da produção do cereal e políticas públicas para a expansão da triticultura. A mediação dos debates será feita pelo supervisor de transferência de tecnologia da Embrapa Cerrados, Sérgio Abud.Acompanhe a live aqui.A Agrobrasília é uma realização da Coopa-DF, que apresenta uma vitrine de tecnologias para o agronegócio, além de cenário para debates relevantes sobre diversos temas relacionados ao setor produtivo. Para saber mais sobre as tecnologias da Embrapa na Agrobrasília 2020, visite o site https://www.embrapa.br/agrobrasilia-2020.

Fonte: Conexão Tocantins

Facebook Comments