IPTU 2021: Passo a passo para emissão da 2ª via e pagamento do imposto

Neste ano, diversas cidades já começaram a cobrar os impostos que são obrigatórios. O IPTU (Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana) 2021 é o tributo cobrado a proprietários de imóveis pela prefeitura de seus respectivos municípios. Em 2021, os cidadãos usarão os sites para emissão da 2ª via para pagamento do imposto.

IPTU 2021: Passo a passo para emissão da 2ª via e pagamento do imposto (Imagem: joelfotos / 274 images)
IPTU 2021: Passo a passo para emissão da 2ª via e pagamento do imposto (Imagem: joelfotos / 274 images)

Como era de praxe, as gestões municipais enviavam os carnês para que os proprietários efetuassem os pagamentos do imposto.

Este ano, algumas prefeituras optaram pela versão online ou apenas irão realizar o envio da primeira parcela do carnê, tendo o contribuinte que arcar com o restante do processo.

Passo a passo para emitir a segunda via do IPTU 2021

  • Para começar, acesse o site oficial da prefeitura da cidade que reside
  • Ao entrar na página, clique na opção “emissão desejada”
    Insira a inscrição imobiliária
  • Digite o ano desejado
  • Informe o código de segurança que o site vai gerar automaticamente
  • Clique em consultar
  • Após esse processo, será aberta uma nova página e nela é preciso inserir o número do contribuinte, a parcela que deseja, o Exercício (Ano), o código apresentado na imagem e por fim, clicar em “Gerar 2ª via”.
  • Agora é só salvar o documento, imprimí-lo e efetuar o pagamento.

Entenda a cobrança do IPTU

O IPTU é um tributo obrigatório cobrado aos proprietários ou inquilinos de imóveis pelas prefeituras; sejam eles os proprietários de casas, prédios ou estabelecimentos comerciais nas cidades em qualquer construção em área urbana.

Todos os anos o valor sofre reajuste, mas há variação com o tempo, tamanho e valorização do imóvel, da região em que esteja localizado ou alguma possível mudança da legislação municipal.

Leia mais: IPTU 2021: Veja regras de pagamento e quem tem direito a isenção do imposto

Algumas cidades oferecem desconto no pagamento do imposto, como forma de incentivo à quitação do débito, sendo as reduções cedidas, normalmente, para aqueles que optam pela cota única. 

O parcelamento do imposto também pode ser efetuado, mas é necessário consultar o calendário de pagamento de cada prefeitura para detalhamento do cronograma de pagamento. 

 

Jornalista graduada pela FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação). Foi repórter do site MigraMundo e Startupi, atuou na comunicação de ONG e em assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como jornalista freelancer e redatora do Jornal O Norte.