Ainda está indeciso? Confira pesquisa eleitoral 2020 para prefeitura de São Luís

A TV Mirante encomendou e divulgou uma nova pesquisa eleitoral 2020 para a Prefeitura de São Luís. Nas eleições, o levantamento aponta que o candidato do Podemos tem ampla vantagem na disputa pela capital do Maranhão, com 44% das intenções de voto. Confira os resultados.

Ainda está indeciso? Confira pesquisa eleitoral 2020 para prefeitura de São Luís
Ainda está indeciso? Confira pesquisa eleitoral 2020 para prefeitura de São Luís. (Imagem: Reprodução G1-Globo)

Resultados de pesquisa eleitoral em São Luís

  • Eduardo Braide (Podemos): 44%
  • Duarte Júnior (Republicanos): 19%
  • Neto Evangelista (DEM): 14%
  • Rubens Júnior (PCdoB): 6%
  • Bira do Pindaré (PSB): 3%
  • Jeisael Marx (REDE): 2%
  • Hertz Dias (PSTU), Professor Franklin (PSOL) e Yglésio Moyses (PROS): 1%

Brancos e nulos somam 5% e indecisos, 4%. O nome do candidato Silvio Antônio não foi citado pelos 805 entrevistados. A pesquisa foi realizada entre de 21 a 23 de outubro, em São Luís, e tem nível de confiança de 95%, com margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos.

O Ibope também fez uma simulação de segundo turno entre os primeiros candidatos, Eduardo Braide e Duarte Júnior. Neste cenário, o primeiro teria 54% dos votos e o segundo, 31%, com 9% de brancos e nulos. Em um possível segundo turno entre Eduardo Braide e Neto Evangelista os resultados seriam: 55% x 28%, com 13% de brancos e nulos.

Braide já foi eleito por dois mandatos como deputado estadual e está no primeiro mandato de deputado federal pelo Maranhão. Em 2016, chegou a disputar o segundo turno das eleições para prefeito da capital, mas perdeu para Edivaldo Holanda Jr.

Leia mais: Pesquisa para prefeito de São Luís 2020: Veja quem é o candidato FAVORITO das eleições

Nos índices de rejeição, o mais alto é para o candidato Bira do Pindaré, 28% dos entrevistados responderam que não votariam nele de jeito nenhum. Rubens Júnior e Jeisael Marx têm 16% de rejeição; Eduardo Braide e Yglésio Moyses têm 15%; Hertz Dias e Silvio Antônio, 12%. Neto Evangelista tem 13% e o Professor Franklin, 11%. Duarte Júnior tem apenas 9%. Entre os entrevistados, 4% responderam que poderiam votar em votos e 15% preferiram não opinar.

O primeiro turno das eleições será em 15 de novembro e o segundo, em 29 de novembro. Os eleitores precisarão ir de máscara e serão dispensados da identificação biométrica. Para votar, é necessário levar apenas um documento oficial com foto. O título de eleitor não é obrigatório, apenas recomendado pela Justiça Eleitoral. O e-Título pode valer como documento para estas eleições.

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do Jornal O Norte.