Atenção! Preço do gás de cozinha aumenta mais uma vez na Paraíba; confira reajuste

A partir do próximo sábado (07) os paraibanos terão mais um reajuste no preço do gás de cozinha para incluir nas despesas, já foram mais de cinco aumentos no ano. Desde julho, ao menos uma alta por mês foi registrada. O próximo aumento foi anunciado pelo Sinregás (Sindicato dos Revendedores de Gás de Cozinha da Paraíba), mas ainda não há informação sobre o novo valor. 

Atenção! Preço do gás de cozinha aumenta mais uma vez na Paraíba; confira reajuste ( Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)
Atenção! Preço do gás de cozinha aumenta mais uma vez na Paraíba; confira reajuste ( Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

Na última atualização de preço, em outubro, houve aumento de 5%; com o botijão de 13kg chegando a custar R$ 85.

De acordo com o portal T5 Paraíba, a Petrobras declarou que os ajustes dos preços ocorreram de acordo com parâmetros negociados em fórmulas contratuais, devido a variações nas cotações do petróleo Brent e da taxa de câmbio Real/Dólar no último trimestre.

Leia mais: Eleições 2020: Candidato a prefeito de Campina Grande-PB pede proteção da PF

A empresa ainda disse ao portal que outros fatores também influenciam no preço do gás, apontando para a, também, responsabilidade das distribuidoras e dos tributos estaduais e federais – além do custo da molécula de gás e do transporte. Para a Petrobrás, apesar do aumento, os preços tiveram um acúmulo na redução de preço em 38%.

“O processo de aprovação das tarifas é realizado pelas agências reguladoras estaduais, conforme legislação e regulação específicas. Na última semana, a tarifa média cobrada pela Companhia Estadual PB Gás pelo gás natural subiu em 19,7%”.

Últimos aumentos

Os consumidores do estado vêm acompanhando os aumentos do valor do gás de cozinha desde o começo do ano. Ao longo dos meses em que ocorreram reajustes – alguns deles, maio, julho, agosto, setembro e outubro – ocorreram variações de 5% e 9% [setembro] de aumento, chegando a custar R$ 90.

A economia na Paraíba

Em meio a pandemia do novo coronavírus, o estado de Paraíba apresentou mais de R$ 240 milhões em perdas de receita afetando diversas setores importantes para a manutenção da economia.

Por exemplo, segundo dados do boletim da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-PB), publicado na última semana, a arrecadação de dos tributos ICMS, IPVA e ITCD, em julho, registrou queda de 1,04%, comparada a julho do ano passado, por consequência da retração do ICMS (4,15%).

A economia foi afetada pela pandemia em todo o Brasil. Em síntese, os estados brasileiros juntos registraram uma perda de arrecadação de R$ 16,4 bilhões no primeiro semestre de 2020 em comparação com o mesmo período no ano passado.


Jornalista graduada pela FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação). Foi repórter do site MigraMundo e Startupi, atuou na comunicação de ONG e em assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como jornalista freelancer e redatora do Jornal O Norte.