Beneficiários do Renda Pará tem até HOJE (30) para retirar auxílio; saiba como fazer

Os beneficiários do Programa Bolsa Família que perderam as datas para saque do Renda Pará podem retirar o auxílio até esta quarta-feira (30). É a última chance para receber R$ 100 em cota única: basta se dirigir a uma agência do Banco do Estado do Pará (Banpará). O Renda Pará foi criado pelo governo estadual a fim de minimizar os impactos econômicos da pandemia do novo coronavírus.

Beneficiários do Renda Pará tem até HOJE (30) para retirar auxílio; saiba como fazer
Beneficiários do Renda Pará tem até HOJE (30) para retirar auxílio; saiba como fazer. (Imagem: Bruno Cecim/ Ag. Pará)

O prazo de saque foi estendido para atender beneficiários que perderam as datas do cronograma ou não receberam por pendências no cadastro. O atendimento nas agências em Belém é das 9h às 15h; nas demais unidades do estado o horário é das 8h às 14h. Para ter acesso ao benefício, é necessário apresentar documento de identificação original com foto, CPF, NIS e cartão do Bolsa Família.

Renda Pará garantiu sobrevida econômica

Para organizar os saques do programa, a Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster) passou as informações da base de dados do Bolsa Família ao Banco do Estado. Assim, os interessados não precisaram fazer cadastramento prévio para receber os R$ 100.

Os investimentos para o Renda Pará giram em torno de R$ 65 milhões e fazem parte do Tesouro Estadual. Além de ajudar as famílias de baixa renda, o benefício alavancou a economia dos municípios, contribuindo para o aumento do consumo, como explica Hana Ghassan, titular da Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad).

Leia mais: Contran e Detrans anunciam prazos para renovação da CNH em 2021; confira calendário

O programa representou uma das maiores iniciativas emergenciais do governo e seguiu o cronograma de pagamentos com base no mês de nascimento do beneficiário. Até o dia 19 de dezembro, quando foi concluído, o benefício contemplou 675.105 mil pessoas. O programa foi criado por lei estadual e sancionado pelo governador Helder Barbalho (MDB) em outubro.

Em âmbito federal, o auxílio emergencial contemplou milhões de brasileiros e foi encerrado neste mês. Quem é beneficiário do Bolsa Família tem 270 dias para sacar os recursos já depositados.

A última parcela de R$ 600 foi liberada para 50,3 mil pessoas. Outros 3,2 milhões de beneficiários receberam a parcela extra de R$ 300.

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do Jornal O Norte.