Bolsa Família ou Renda Cidadã? Saiba o que esperar sobre o benefício em 2021

O novo programa social Renda Cidadã que será uma substituição do atual programa Bolsa Família ainda não saiu do papel. O novo benefício estava previsto para 2020, porém, ele ficará para 2021, já que o impasse maior está na dificuldade de encontrar recursos para financiar o programa.

Bolsa Família ou Renda Cidadã? Saiba o que esperar sobre o benefício em 2021
Bolsa Família ou Renda Cidadã? Saiba o que esperar sobre o benefício em 2021 (Imagem: Reprodução O Globo)

Renda Cidadã

Desde a criação do seu novo programa social, o presidente Jair Bolsonaro está com dificuldade de encontrar recursos para bancar o Renda Cidadã. A equipe econômica já apresentou algumas ideias, no entanto, todas foram vetadas pelo senhor presidente.

Uma das alternativas apresentadas pelo ministro da econômica Paulo Guedes foi de, unificar o programa social Bolsa Família com o abono salarial, seguro defeso e salário família, no entanto, ele também foi vetado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Depois da alternativa apresentado pelo Paulo Guedes, foi cogitada a ideia de em pegar uma parte dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e bancar o Renda Cidadã. Porém, o resultado não foi nada bom e o governo precisou recuar.

Leia mais: Auxílio Emergencial: Benefício pode ser prorrogado para 2021; veja DETALHES aqui!

Orçamentos

Por ser ano eleitoral fica tudo mais difícil de fazer os orçamentos, já que o grande problema é esse. Essa foi uma das justificativas levantadas pelo parlamentar. Com as eleições municipais de prefeitos e vereadores se aproximando a necessidade de votar no orçamento é deixada um pouco de lado, resultando também no atraso das reformas e discussões do programa.

Depois de ter passado às eleições em novembro, logo em seguida vem o recesso e o natal, ou seja, tudo indica que nenhuma proposta será aprovada em 2020. Sendo assim, o Renda Cidadã ficará para 2021.

Bolsa Família

O programa social Bolsa Família é uma transferência direta de renda, direcionado às famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o país, de modo que consigam superar a situação de vulnerabilidade e pobreza.

O programa busca garantir a essas famílias o direito à alimentação e o acesso à educação e à saúde. Em todo o Brasil, mais de 13,9 milhões de famílias são atendidas pelo Bolsa Família.

Mariana Castro é formada em Pedagogia pela Universidade Brás Cubas em Mogi das Cruzes – SP. Atualmente trabalha como professora na rede privada de ensino e dedica-se a redação do Jornal O Norte.