Candidatos do Enem digital enfrentam problemas para acessar local de prova

Uma parte dos estudantes que irão participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) digital não sabem onde farão a prova, pois estão com dificuldades em visualizar o endereço com todas às informações necessárias. O Enem digital será neste domingo (31) e no dia 7 de fevereiro de 2021.

Candidatos do Enem digital enfrentam problemas para acessar local de prova
Candidatos do Enem digital enfrentam problemas para acessar local de prova (Imagem: Reprodução 2 em 1 consultoria)

Dificuldades no acesso

O primeiro dia de prova do Enem digital acontece no domingo (31), no entanto, alguns candidatos não sabem onde farão à sua prova, pois encontram-se com dificuldades de acessar o site.

Conforme relatou o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), às informações acerca dos locais da prova estão disponíveis desde o dia 15 de janeiro na página do participante. Até o dia 20 de janeiro 43% dos inscritos haviam acessados à página.

Entretanto, segundo os relatos dos inscritos o campo com o endereço aparece em branco. Eles tentam ligar para o Inep, mas não são atendidos.

O candidato Pedro Augusto Ferreira de 17 anos, contou sua experiência ao G1: “Não aparece nada na página do Enem. Faz um tempão que estou tentando: já mandei e-mail, liguei, mas não consigo conversar com atendentes humanos – fiquei mais de uma hora ouvindo mensagens automáticas”.

Além disso, o candidato Pedro, informou que fará um vestibular Três Lagoas (MS) na sexta-feira (29), tendo que retornar para sua cidade local em Cuiabá para prestar o Enem digital no dia 31.

“São mais de 2 mil km de estrada, sem a certeza de que vou conseguir fazer a prova. Sem o endereço, fica impossível”, informou o estudante.

Leia mais: Enem 2020: Gabarito oficial será divulgado AMANHÃ (27); veja o cronograma

Dúvidas do Enem digital

O presidente substituto do Inep, Camilo Mussi, esclareceu algumas dúvidas de como será a organização no dia da prova. Veja abaixo.

Como impedir a cola?

Segundo Mussi, “é um ambiente específico que só permite que o estudante veja a prova do Enem. E haverá todo o esquema de segurança já usado na edição impressa, como fiscais na sala de aula e nas idas ao banheiro”.

Vai ter câmera? 

A gente ainda está pensando em como será no futuro. Mas, por enquanto, nada de filmagem“, relatou o presidente.

Leia mais: Fies 2021 abre inscrições para seleção que usará notas do Enem de 2010 a 2019

Como será a disposição de computadores? Um atrás do outro?

Em alguns, pode ser que seja um [formato de] U, com um computador ao lado do outro. Em outros, uma máquina atrás da outra, enfileirada. O importante é garantir certo distanciamento entre os candidatos, por causa da pandemia”, diz Mussi.

Como selecionar as alternativas?

“O candidato clica em uma das alternativas e, em seguida, dá um ‘salvar’”, diz Mussi.

Mariana Castro é formada em Pedagogia pela Universidade Brás Cubas em Mogi das Cruzes – SP. Atualmente trabalha como professora na rede privada de ensino e dedica-se a redação do Jornal O Norte.