Ceará perde 41,5 mil postos de trabalho, diz pesquisa sobre emprego

Uma pesquisa sobre emprego realizada pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) apontou que nos primeiros seis meses de 2020 o Ceará perdeu 41,5 postos de trabalho. Foi o 9º pior resultado entre os demais estados do Brasil, segundo o levantamento.

Ceará perde 41,5 mil postos de trabalho, diz pesquisa sobre emprego
Ceará perde 41,5 mil postos de trabalho, diz pesquisa sobre emprego. (Imagem: Google)

A apuração apontou que de janeiro a junho 152.806 pessoas foram admitidas em postos de trabalho e 194.386 sofreram desligamento. Nos primeiros seis meses do ano anterior foram quase 7 mil empregos a menos, com 186.587 e 193.581 desligamentos.

A Caged revelou ainda que o Ceará teve um resultado negativo em relação ao número de vagas (1.740), com mais de 20 mil desligamentos e quase 19 mil admissões. É o quarto mês que o mercado de trabalho sofre perdas neste ano.

Não foi somente o Ceará que apresentou dados negativos na pesquisa sobre emprego. No primeiro semestre, em todo país, foram fechados mais de 1,1 milhão de postos de trabalho. Foram contabilizados nos primeiros seis meses 6,7 milhões de admissões ante a 7,9 milhões de desligamentos.

A região Nordeste apareceu em segundo lugar na redução de postos de trabalho. Acompanhe o ranking:

  • Sudeste: – 690.733
  • Nordeste:-258.882
  • Sul: -195.152
  • Centro-Oeste: -27.351
  • Norte: -27.028

Leia mais: Proprietários de escolas particulares fazem protesto pela retomada da atividade em Fortaleza

Pior cenário de emprego do mês de junho no Ceará

O estado de Pernambuco teve o pior cenário em relação a redução de postos de trabalho, com 67.896 mil empregos a menos.

O levantamento apontou ainda que dos 26 estados e Distrito Federal, 10 tiveram perdas de postos de trabalho e 17 apontaram resultado positivo, são os estados de:

  • Mato Grosso do Sul (6.790 postos)
  • Pará (4.550 postos)
  • Goiás (4.334 postos)

Já estados como Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul foram os que apontaram a maior retração dos postos de trabalho durante o mês de junho, com 16.801, 13.299 e 4.851 respectivamente.

O que é o Caged?

O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados Caged é responsável por reunir dados de admissões e demissões realizadas pelas empresas, conforme as Consolidações das Leis de Trabalho. As informações são registradas apenas a partir de empregos formais, ou seja, de carteira assinada.

A finalidade do órgão é fazer o mapeamento da situação dos empregos formais, para que, caso hajam situações negativas sobre o desemprego no país, o Governo Federal possa traçar estratégias de melhorias.

Facebook Comments

Mara Rodrigues é formada em jornalismo pela Universidade Estácio de Sá com mais de 13 anos de experiência. Já atuou como repórter de economia e polícia do jornal O Estado, repórter de cotidiano da TV Diário e assessora de comunicação. Atualmente trabalha como repórter de cotidiano da TV Cidade, filiada da Record TV no Ceará e dedica-se a redação do jornal O Norte.