CNH gratuita pode ser GOLPE; saiba como identificar

O Departamento de Trânsito (Detran) fez um alerta sobre um novo tipo de fraude. A distribuição de Carteiras Nacionais de Habilitação gratuitas está sendo usada como fonte de golpe no Brasil. A principal ação dos golpistas é a realização da chamada ao público por meio do aplicativo de mensagens WhatsApp. Após o feito, acontece o redirecionamento para páginas fraudulentas e maliciosas através da realização de um formulário ilegal.

CNH gratuita pode ser GOLPE; saiba como identificar
CNH gratuita pode ser GOLPE; saiba como identificar (Imagem: Reprodução / Google)

De acordo com as informações da PSafe, startup de antivírus brasileira, mais de 200 mil clientes já foram acometidos pelo golpe. A estimativa é que, ao todo, mais de 3 milhões de pessoas  tenham sido afetadas.

Uma das ferramentas para propagação do golpe é a indução do compartilhamento do formulário. A ideia de ajudar o outro é vendida e a pessoa se sente influenciada no envio do questionário fake. Cada pessoa pode fazer o compartilhamento para até outras 10.

Leia mais: Expectativa de vida no RN é a MAIOR do Norte e Nordeste, diz pesquisa

A promessa dos golpistas é tentadora e por meio de informações falsas atrai cada vez mais vítimas. Dentre as propostas falsas estão:

  • Inscrição para todos os estados;
  • Ausência de regras para entrar no projeto.

O formulário disponibilizado para o golpe pede informações pessoais como nome completo, localidade e data de nascimento.

O principal intuito dos infratores é sustentar o banco de dados para futuros golpes ou venda de informações pessoais.

Outra ação executada que induz e tenta diminuir a desconfiança quanto ao golpe é o redirecionamento para uma página do Facebook. A página tem informações ligados ao Bolsa Família com dados aparentemente verdadeiros, porém também se trata de um fake.

CNH Cidadã

O projeto de gratuidade da Carteira de Habilitação é existente. Porém, o que diverge das informações dos golpistas é o fato de que há regras para a entrada no programa e é limitado no quesito regiões. Isto é, ainda não está disponível em todo o território brasileiro.

Leia mais: FGTS emergencial: ÚLTIMO dia para movimentar benefício; saiba como fazer

As pessoas que podem ser inclusas no CNH Cidadã precisam ser:

  • Cadastradas no CadÚnico do Governo Federal;
  • Ser maior de 18 anos;
  • Não ter sofrido nenhuma penalidade no prazo de um ano.

O projeto também é disponibilizado à estudantes. Para isso, é necessário cumprir algumas regras:

  • Ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio;
  • Cumprir a faixa etária entre 18 e 25 anos;
  • Ser aluno advindo de escola pública.

Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do Jornal O Norte traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.