Começa hoje (29) vacinação da COVID-19 em Ananindeua para grupos de 25 e 26 anos

Começa hoje (29) vacinação da COVID-19 em Ananindeua. Nesse sentido, pessoas sem comorbidades com idade entre 25 e 26 anos poderão receber a 1º dose da vacinação!

Começa hoje (29) vacinação da COVID-19 em Ananindeua para grupos de 25 e 26 anos
Começa hoje (29) vacinação da COVID-19 em Ananindeua para grupos de 25 e 26 anos (Imagem: AFP/Jack Guez)

A aplicação das vacinas tem avançado bastante no estado do Pará, diversas cidades já estão imunizando a população jovem.

Como é o caso de Ananindeua, região metropolitana de Belém.

No entanto, a prefeitura informa que a vacinação está suspensa para os grupos que estavam sendo vacinados. O retorno acontecerá logo depois que novas doses chegarem.

Assim, um novo cronograma será divulgado com as datas para os grupos remanescentes.

Para receber o imunizante os jovens devem apresentar os seguintes documentos:

RG, CPF, Cartão SUS, Comprovante de residência e/ou título eleitoral.

Locais de vacinação contra COVID-19 em Ananindeua

Ao todo, são 10 locais que aplicam as doses nessa quinta-feira; confira:

  1. Igreja Quadrangular Labaredas de Fogo – Cidade Nova 2
  2. Igreja Catedral da Fé – Distrito Industrial
  3. Assembleia de Deus – Maguari
  4. Paróquia Cristo Rei – Guanabara
  5. UBS Jaderlândia
  6. Igreja Universal – Aurá.
  7. EEEF Gregório de Almeida Brito – PAAR
  8. Paróquia Santa Paula Frassinetti – Cidade Nova 6
  9. Igreja Universal – Águas Lindas
  10. Paróquia Nossa Senhora do Amparo – Cidade Nova 8

Leia mais em: COVID-19: Belém, Salvador, João Pessoa e Maceió suspendem aplicação da vacina

A vacinação acontece até as 13h.

Novas doses chegam no Pará

Na tarde de ontem, 28, uma nova remessa de vacinas contra COVID-19 chegou no estado.

São 80.730 doses da Pfizer. Essa é a 48ª remessa que o Pará recebe do Ministério da Saúde.

Para a diretora de Epidemiologia da Sespa, Daniele Nunes, o governo analisa se o município tem condições para receber as doses.

Nesse sentido, o município precisa ter uma rede de frios e também um sistema operacional para receber elas.

Pois, ela precisa ter um acondicionamento adequado de refrigeração, ser administrada em ambiente refrigerado e ter rápido fluxo, ou seja, não é uma vacina que possa ficar muito tempo armazenada no município. Isso significa que assim que ela é recebida precisa ser rapidamente aplicada”, explicou.

Assim, essas vacinas serão distribuídas para as cidades de:

  • Ananindeua;
  • Belém;
  • Benevides;
  • Marituba;
  • Santa Izabel;
  • Bragança;
  • Capanema;
  • São Miguel do Guamá;
  • Barcarena;
  • Santarém;
  • Marabá;
  • Parauapebas.

Continue acompanhando O Norte e fique bem informado.

Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora do Jornal O Norte.