Economia: Prefeitura de Aracaju renova decreto de enfrentamento ao coronavírus

A prefeitura de Aracaju, em Sergipe renovou o decreto de enfrentamento ao coronavírus na capital. O anúncio que causa impacto diretamente na economia local foi feito pelo prefeito Edvaldo Nogueira nesta quarta-feira (15), após reunião com o Comitê de Operações Emergenciais (COE). As determinações permanecem válidas até 22 de julho.

Economia: Prefeitura de Aracaju renova decreto de enfrentamento ao coronavírus
Economia: Prefeitura de Aracaju renova decreto de enfrentamento ao coronavírus (Imagem: Reprodução Google)

A atualização do decreto mantém medidas de fechamento de serviços não-essenciais, as regras de distanciamento social e a obrigatoriedade do uso de máscaras na capital.

“Avaliamos os dados de ocupação dos leitos, sejam os de enfermaria, que são de responsabilidade do município, sejam os de UTI, que cabem ao governo, e, o próprio comportamento da doença na nossa cidade”, revelou o prefeito.

Edvaldo Nogueira disse ainda que considerou a decisão judicial que suspendeu a retomada da economia para decidir pela manutenção das medidas restritivas e afirmou que vai manter o trabalho de avaliação dos dados e de tomada de ações de enfrentamento ao Covid-19.

Leia mais: Shoppings reabrem em João Pessoa durante 3ª fase de flexibilização

Quais atividades da economia sofrerão impacto

O decreto determina a suspensão do funcionamento de academias, casa de shows, shoppings centers, cinemas, bares e lojas. Estão ainda proibidas a utilização de áreas de lazer, assim como a realização de eventos e atividades em parques e praias da cidade.

Os serviços que haviam sido autorizados no plano de retomada da economia também estão suspensos. O decreto municipal também aponta ainda o uso obrigatório de máscara pela população em locais públicos.

Coronavírus em Aracaju

Os dados sobre o coronavírus em Aracaju são alarmantes. A cidade possui 21.207 pessoas com diagnóstico confirmado para Covid-19. Desse total, 360 estão hospitalizadas em unidades, 8.834 estão em isolamento domiciliar. A Secretaria da Saúde divulgou ainda que 11.584, que estavam infectadas, já estão recuperadas; e 429 não resistiram a doença.

O órgão divulgou ainda que 78 pacientes suspeitos estão internados aguardando resultados do exame. Outro dado que chama atenção é em relação ao número de leitos nos hospitais. São 122 leitos públicos de enfermaria do município, mas 86 estão ocupados, representando a ocupação de 70,5%.

Em todo o Estado são 39 mil casos da doença e 1.033 mortes.

Facebook Comments