Educa+ Amazonas: Educação no estado ganha investimento de R$ 400 milhões

Investimento milionário feito pelo governo do estado resultou no Educa+ Amazonas, que vai atender 62 municípios do estado. O programa vai englobar a rede municipal e estadual de ensino!

Educa+Amazonas: Educação no estado ganha investimento de R$ 400 milhõesq
Educa+ Amazonas: Educação no estado ganha investimento de R$ 400 milhões (Imagem: Junior Matos)

Na última sexta-feira, 23, o governo do Estado do Amazonas realizou uma cerimônia para o lançamento do Educa+ Amazonas, um programa que reúne 13 projetos prioritários.

Diversas licenças, entre eles 26 prefeitos, estavam presentes no lançamento e falaram sobre a importância dessa iniciativa.

É o programa que vai revolucionar a educação do nosso estado, algo sem precedentes. São 13 projetos que focam na qualificação e na bonificação dos professores da educação, na recuperação da aprendizagem pós-pandemia e na preparação do nosso jovem para o seu futuro. São tantas novidades que isso de fato vai mudar os rumos da educação do nosso estado”, afirmou titular da Secretaria de Estado de Educação e Desporto, Luís Fabian Barbosa.

Programa Educa+ Amazonas

São 13 projetos que integram o programa, que já possui verba, R$ 400 milhões. Para funcionamento pelos próximos 14 meses.

Na educação básica, do 1ª ano do ensino fundamental ao 3º do ensino médio, o investimento vai ser de R$ 283 milhões. Esse valor deve ser usado nos seguintes programas:

Pronto pra Aula; Contraturno Digital; Na Ponta da Língua; Fazer para Aprender; Educação Empreendedora; Fazenda Escola; Escola da Floresta e Edutech.

A ideia é investir desde questões básicas, como o fardamento, até em aulas de idiomas, reforços e diversos outros projetos.

Leia mais em: A partir de quinta (29), onda de frio deve provocar temperatura de 8°C no Amazonas

Enquanto isso, na educação profissionalizante, o investimento de R$ 10 milhões será usado nas parcerias firmadas entre Secretaria de Estado de Educação e Desporto e o Centro de Formação Tecnológica.

Essa parceria resultou no projeto Da Escola para o Trabalho, voltado aos estudantes do 2º e 3º anos do ensino médio.

A ideia é permitir que os estudantes já concluam o ensino médio com um emprego garantido.

Além dessas inciativas, também com a CETAM, o governo vai utilizar cerca de R$ 9 milhões para os programas Trilhas do Saber e Cepan Digital. Ambos trarão formação continuada para a população.

Outros investimentos serão feitos a nível de educação superior através de parceria feita com a Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Nesse caso, o investimento vai ser de R$ 49 milhões.

Continue acompanhando O Norte e fique bem informado.

Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora do Jornal O Norte.