Eleições 2020: Campina-Grande já tem os candidatos confirmados; confira lista

As seis chapas que disputarão à prefeitura de Campina Grande já tem os candidatos a prefeito e vice-prefeito definidos para estas eleições 2020.

Eleições 2020: Campina-Grande já tem os candidatos confirmados; confira lista
Eleições 2020: Campina-Grande já tem os candidatos confirmados; confira lista (Imagem: Reprodução Qconcursos)

Os partidos tiveram teve quarta-feira (16) para apresentar os seus escolhidos. As candidaturas ainda dependem da confirmação da Justiça Eleitoral e deve ocorrer até 26 de setembro.

Conheça os seis candidatos a prefeito

1- Ana Cláudia Vital do partido Podemos

O partido podemos oficializou o nome da Ana Cláudia como candidata a prefeita de Campina Grande no dia 13 de setembro. O candidato a vice-prefeito é o sargento da Polícia Militar Wellington Silva do partido.

2- Artur Bolinha do partido PSL

O candidato Artur Bolinha deve sua candidatura à prefeitura de Campina Grande no dia 15 de setembro. A candidata a vice-prefeita é Annelise Meneguesso do partido PRTB.

3- Bruno Cunha Lima do partido PSD

Bruno Cunha foi oficializado como candidato a prefeito na convenção que aconteceu no dia 12 de setembro. O seu candidato a vice-prefeito na chapa é Lucas Ribeiro do PP.

4- Edmar Oliveira do partido Patriota

O candidato Edmar Oliveira foi oficializado candidato a prefeito de Campina Grande no dia 16 de setembro. Seu vice na chapa será Wanderley Bezerra.

5- Inácio Falcão do partido PCdoB

A candidatura de Inácio foi oficializada no dia 16 de setembro. A sua candidata a vice-prefeita é a médica Tatiana Medeiros do MDB.

6- Olímpio Rocha do partido PSOL

Olímpio Rocha teve sua candidatura oficializada em 16 de setembro. Sua candidata a vice-prefeita na chapa é a advogada Sheylla Campos do PSB.

Leia mais: IEL divulga OPORTUNIDADES de estágio na Paraíba; bolsa ultrapassa R$ 1000

Calendário Eleições 2020

Confira a programação com todas as informações relativas das eleições 2020.

  • 31 de agosto a 16 de setembro: será permitido as realizações das convenções partidárias e a definição sobre coligações;
  • 26 de setembro: último dia para os partidos políticos apresentarem-se a Justiça Eleitoral;
  • a partir de 26 de setembro: prazo para que a Justiça Eleitoral convoque partidos e representação das emissoras de rádio e TV para elaborarem plano de mídia;
  • após 26 de setembro: início da propaganda eleitoral e também na internet;
  • 27 de outubro: data em que será divulgado, pela internet em ambiente eletrônico os relatório discriminando as transferências do Fundo Partidário e do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (Fundo Eleitoral), os recursos em dinheiro e os estimáveis em dinheiro recebidos, bem como os gastos realizados;
  • 15 de novembro: primeiro turno da eleição;
  • 29 de novembro: segundo turno da eleição;
  • até 15 de dezembro: último dia para os partidos políticos encaminharem a Justiça Eleitoral do conjunto das prestações de contas de campanha dos candidatos e dos partidos políticos, relativamente ao primeiro turno e, onde houver, ao segundo turno das eleições;
  • até 18 de dezembro: será realizada a diplomação dos candidatos eleitos em todo o país, salvo nos casos em que as eleições ainda não tiverem sido realizadas.

Mariana Castro é formada em Pedagogia pela Universidade Brás Cubas em Mogi das Cruzes – SP. Atualmente trabalha como professora na rede privada de ensino e dedica-se a redação do Jornal O Norte.