Eleições 2020: Pesquisa revela que ESTE é o candidato favorito à prefeitura de Macapá

A primeira pesquisa Ibope sobre as eleições 2020 em Macapá aponta empate técnico entre quatro candidatos a prefeito. João Capiberibe, o Capi (PSB), Josiel (DEM), Dr Furlan (Cidadania) e Patrícia Ferraz (Podemos) são os primeiros da lista e contam com a margem de erro de quatro pontos percentuais.

Eleições 2020: Pesquisa revela que ESTE é o candidato favorito à prefeitura de Macapá
Eleições 2020: Pesquisa revela que ESTE é o candidato favorito à prefeitura de Macapá. (Imagem: Google)

Na capital do Amapá, 10 nomes estão na disputa e foram citados na pesquisa. O levantamento foi encomendado pela Rede Amazônica, afiliada da Globo, e foi feito por telefone entre os dias 12 e 14 de outubro. Dos entrevistados, 14% disseram que pretendem votar em branco ou anular e 7% ainda não estão decididos.

Confira os resultados da pesquisa das eleições 2020 em Macapá

  • Capi (PSB): 17% das intenções de voto
  • Josiel (DEM): 16%
  • Dr Furlan (Cidadania) e Patrícia Ferraz (Podemos): 13%
  • Cirilo Fernandes (PRTB): 8%
  • Gianfranco (PSTU) e Guaracy (PSL): 3%
  • Haroldo Iram (PTC), Paulo Lemos (Psol) e Professor Marcos (PT): 2%

Em relação aos índices de rejeição, a pesquisa apontou que a maioria dos eleitores (57%) afirmaram não votar de jeito nenhum em Capi (PSB). O segundo mais citado foi Josiel (DEM), com a mesma porcentagem (25%) de Patrícia Ferraz (Podemos). Dr Furlan (Cidadania) e Professor Marcos (PT) têm 17% de rejeição.

O candidato Cirilo Fernandes (PRTB) tem 16% e está tecnicamente empatado com Guaracy (PSL), com 15% e Haroldo Iram (PTC), com 13%. Gianfranco (PSTU) e Paulo Lemos (Psol) têm 11% de rejeição. Além disso, 1% disse que poderia votar em qualquer candidato e 7% não souberam responder ou preferiram não opinar.

Leia mais: Eleições 2020: Pesquisa revela candidatos com maiores índices de rejeição em Manaus

Entre os candidatos que estão à frente da corrida eleitoral, Capi se destaca por ter experiência como prefeito de Macapá, governador e senador. O vice é Ruben Bemerguy, da Rede Sustentabilidade. Josiel é empresário e jornalista e aposta na vitória com uma forte coligação. A candidata a vice é a enfermeira Silvana Vedovelli.

O médico cardiologista Furlan é deputado estadual e concorre pela primeira vez. Patrícia Ferraz também é da área da saúde e estreia na política. Como cirurgiã dentista já coordenou programas de saúde bucal. Ela aposta no vice tenente bombeiro militar Juracy Picanço.

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do Jornal O Norte.