Eleições: Eleitores de Campina Grande-PB podem denunciar crimes eleitorais pelo WhatsApp

A Polícia Federal de Campina Grande disponibilizou um número para denúncias de irregularidades eleitorais. O contato pode ser feito por meio do WhatsApp (83) 99184-9051. O uso do aplicativo como instrumento de denúncia já foi iniciado, inclusive em outros locais. Segundo a PF, o objetivo é evitar a prática de ilegalidades e investigar possíveis situações nas eleições de 2020.

Eleições: Eleitores de Campina Grande-PB podem denunciar crimes eleitorais pelo WhatsApp
Eleições: Eleitores de Campina Grande-PB podem denunciar crimes eleitorais pelo WhatsApp. (Imagem: Marcello Casal Jr./ Ag. Brasil)

Para levar a denúncia adiante, a polícia vai considerar o material enviado, como informações, fotos, vídeos e áudios. O órgão explicou que os dados são tratados sob sigilo e que não será necessário enviar informações pessoas, assegurando o anonimato do denunciante.

Outros canais para denúncia nestas eleições em Campina Grande

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) também disponibilizou outros canais para o envio de denúncias pelo Sistema Eletrônico de Informações (SEI), como o aplicativo Pardal e os contatos da Ouvidoria Eleitoral. Os interessados também podem utilizar o e-mail [email protected] e os telefones (83) 3512-1381 e 3512-1451.

Para enviar informações pelo aplicativo, é necessário baixar o app gratuitamente nas lojas virtuais dos sistemas iOS e Android. Na página inicial, clique no símbolo “+ e escolha entre “Propaganda eleitoral irregular” e “Outros crimes eleitorais”. O Pardal irá direcionar o usuário para as páginas de envio de denúncia.

Leia mais: Pesquisa IBOPE em João Pessoa revela resultados das eleições 2020 para prefeito

A Ouvidoria Eleitoral faz uma triagem inicial do que é recebido e encaminha as supostas propagandas irregulares para o cartório eleitoral do município. Depois, elas são julgadas pelo juiz eleitoral. Segundo Francisco Bento da Silva Filho, servidor da Ouvidoria Eleitoral da Paraíba, apenas um terço da demanda possui elementos concretos, como fotos e vídeos, por isso é importante que os eleitores registrem os fatos adequadamente.

As eleições municipais para os cargos de prefeito e de vereadores acontecem no próximo domingo, dia 15, das 7 às 17 horas. O uso de máscaras será obrigatório nos locais de votação, bem como o distanciamento social. O título de eleitor não é necessário para votar, mas a Justiça recomenda que seja levado. O eleitor precisa portar um documento oficial com foto.

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do Jornal O Norte.