Pesquisa IBOPE em João Pessoa indica resultados das eleições 2020 para prefeito

A última pesquisa de intenções de voto para a prefeitura de João Pessoa foi divulgada pela TV Cabo Branco e aponta Cícero Lucena à frente da disputa. O levantamento ouviu 602 eleitores do município, entre os dias 20 e 22 de outubro. A margem de erro nestas eleições 2020 é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança utilizado é de 95%.

Pesquisa IBOPE em João Pessoa revela resultados das eleições 2020 para prefeito
Pesquisa IBOPE em João Pessoa revela resultados das eleições 2020 para prefeito. (Imagem: Google)

Resultados da pesquisa nas eleições 2020 em João Pessoa

  • Cícero Lucena (PP): 21%
  • Nilvan Ferreira (MDB): 15%
  • Ricardo Coutinho (PSB) e Wallber Virgolino (Patriota): 10%
  • Ruy Carneiro (PSDB) e Edilma Freire (PV): 9%
  • João Almeida (SOLIDARIEDADE): 3%
  • Raoni (DEM) e Anísio Maia (PT): 1%

Ítalo Guedes (PSOL) e Rama Dantas (PSTU) tiveram menos de 1%. Camilo Duarte (PCO), Carlos Monteiro (REDE) e Rafael Freire (UP) não foram citados. Entre os entrevistados, 13% pretendem votar em branco ou anular e 7% ainda estão indecisos.

Em relação ao levantamento anterior do Ibope, de 5 de outubro, Cícero Lucena foi de 18% para 21%; Nilvan Ferreira se manteve com 15% e Ricardo Coutinho foi de 12% para 10%. Wallber Virgolino também se manteve com 10% e Ruy Carneiro, Edilma Freire e João Almeida registraram crescimento das intenções de voto. Brancos e nulos passaram de 20% para 13% e os indecisos foram de 8% para 7%.

Leia mais: Eleições 2020 Juazeiro do Norte-CE: Na reta final, veja quem é o candidato FAVORITO à prefeitura

A pesquisa também perguntou em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum. Os percentuais de rejeição foram: 53% para Ricardo Coutinho (PSB); 30% para Cícero Lucena; 17% para Ruy Carneiro e Nilvan Ferreira. O candidato Wallber Virgolino tem 16%; Anísio Maia, 15%; Edilma Freire e João Almeida tiveram 13% de rejeição.

Raoni teve 12% de menções negativas; Rafael Freire e Rama Dantas (PSTU), 11%; Carlos Monteiro, 10%; Camilo Duarte e Ítalo Guedes, 8%. Entre os entrevistados, 1% disse que poderia votar em todos os candidatos e 11% não responderam ou preferiram não combinar.

O primeiro turno das eleições 2020 está marcado para 15 de novembro, próximo domingo. Os eleitores precisam estar de máscara e portar documento oficial com foto para votar. O horário de votação foi ampliado em uma hora e começará às 7 da manhã, para evitar aglomerações. Entre 7 e 10 horas os idosos terão preferência para votar.

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do Jornal O Norte.