FIES: Prazo para alteração do contrato do 2 semestre de 2020 acaba NESTA semana

O prazo para alterar contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), fechados no segundo semestre de 2020, foi prorrogado até a próxima sexta-feira (15).

FIES: Como socilitar renegociação de débitos atrasados em 2021?
FIES: Prazo para alteração do contrato do 2 semestre de 2020 acaba NESTA semana (Imagem: Montagem /Jornal O Norte)

Publicada em Portaria, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) explicou que o prazo para validação das inscrições pelas Comissões Permanentes de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) referente ao processo de ocupação de vagas remanescentes do 2º semestre de 2020 foi prorrogado.

Outra portaria havia adiado o prazo até 31 de dezembro deste ano. A nova regra vale para contratos simplificados e não simplificados.

Leia mais: Vestibular seriado da UNB abre inscrições a partir de hoje (11); veja o cronograma

No caso de aditamento não simplificado, quando há alterações nas cláusulas do contrato, como a mudança do fiador, o aluno precisa levar a documentação comprobatória ao banco para finalizar a renovação.

Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no próprio sistema. 

Os aditamentos dos contratos devem ser realizados pelo sistema SisFies. Vale lembrar que as prorrogações dos prazos para os aditamentos de renovação do FIES são de contratos formalizados até 2017.

Todo semestre, os financiados pelo FIES devem renovar o contrato por meio dos aditamentos semestrais de renovação.  

Prazo de carência 

Após a conclusão do curso, o estudante terá 18 (dezoito) meses de carência para recompor seu orçamento. Nesse período, o estudante pagará, a cada três meses, o valor máximo de R$ 150 (cento e cinquenta reais), referente ao pagamento de juros incidentes sobre o financiamento.

Encerrado o período de carência, o saldo devedor do estudante será parcelado em até 3 (três) vezes o período financiado da duração regular do curso.

Com a crise financeira, anterior à pandemia, diversos contratos apresentaram atrasos de pagamento. Em 2019, a taxa de inadimplência do Fies cresceu: 567 mil contratos estavam com pelo menos 90 dias de atraso em abril.

Leia mais: Encceja 2020-2021 abre inscrições NESTA segunda-feira (11)

O FIES

O Fies é um programa de financiamento para estudantes cursarem o ensino superior em universidades privadas. Atualmente, tem duas categorias:

  • a primeira oferece vagas com juro zero para estudantes com renda mensal familiar de um a três salários mínimos;
  • a segunda, chamada P-Fies, tem juros variáveis e é direcionada a alunos com renda mensal familiar de até cinco salários mínimos.