Governador do Alagoas libera transportes intermunicipais na retomada da economia

O governador de Alagoas Renan Filho anunciou o retorno dos transportes intermunicipais no Estado, porém, a retomada da atividade contará com intensificação na fiscalização.

Governador do Alagoas libera transportes intermunicipais
Governador do Alagoas libera transportes intermunicipais. (Imagem: Google).

Agência Reguladora dos Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal),  divulgou que os colaboradores, como cobradores e motoristas só poderão trabalhar nos coletivos caso o resultado do exame para Covid-19 seja negativo.

O governador disse ainda que a capital alagoana permanecerá na fase amarela, com distanciamento social controlado, enquanto outros municípios já avançaram para a etapa laranja.

A fiscalização aos transportes intermunicipais acontecerá através da Polícia Militar de Alagoas, juntamente com a Agência Reguladora dos Serviços Públicos do Estado (Arsal) no Terminal Rodoviário João Paulo II. As vistorias serão realizadas também nas estradas para garantir a segurança sanitária dos passageiros.

Já o controle dos colaboradores acontecerá da seguinte forma: Ao início do expediente motoristas e cobradores que não apresentarem o exame negativo para Covid-19 não irão trabalhar.

Segundo o presidente da Arsal, Ronaldo Medeiros, essa é a maneira de garantir a segurança sanitária dos trabalhadores e passageiros e evitar a contaminação pelo vírus.

Outra determinação, de acordo com Medeiros, é que todos no interior dos coletivos estejam de máscaras. Recipientes com álcool em gel serão disponibilizados para os passageiros, que deverão permanecer sentados nas poltronas.

Leia mais: Alagoas registra redução de famílias contempladas pelo seguro desemprego e Bolsa Família

O que funciona na fase laranja em Maceió, Alagoas

Foram liberados para funcionar durante a fase laranja na capital serviços essenciais e todos os já autorizados na fase vermelha; estabelecimentos de rua com até 400 metros quadrados; salões de beleza e barbearias e templos religiosos, mas com apenas 30% da capacidade. As mudanças já começaram a valer desde à meia-noite desta quarta-feira e são válidas durante 15 dias.

Renan Filho disse ainda, ao anunciar o decreto estadual, que tanto a capital alagoana como cidades do interior apresentaram redução no número de casos e óbitos.

Ressaltou ainda que é necessário que a população continue se protegendo, utilizando máscaras, álcool gel e evitando sair de casa. Caso haja um aumento no número de casos, não está descartada a possibilidade de retroceder em relação às fases.

Facebook Comments