Governo de PE anuncia selo de liberação de vacinados em eventos

Esta semana o Governo de PE anuncia selo de liberação de vacinados em eventos. De acordo com o Governador de Pernambuco, todos os cidadãos deverão ter esse selo eletrônico para sinalizar se foram ou não vacinados contra a Covid-19.

O intuito de criar esse sistema de sinalização é para identificar quem não tomou ainda as duas doses contra o Coronavírus ou não fez testes recentes afim de identificar se possui, ou não a doença, assim, evitando que pessoas em risco possam contaminar outras.

Governo de PE anuncia selo de liberação de vacinados em eventos
Governo de PE anuncia selo de liberação de vacinados em eventos (Foto: Reprodução Google)

O Passe Seguro PE como está sendo chamado, foi anunciado na última quinta-feira pelo Governo de Pernambuco como uma forma de prevenir a proliferação da Covid-19 e suas variantes que já começaram a se espalharem por alguns estados do território brasileiro.

De acordo com informações fornecidas pelo Governo, a partir desta segunda-feira 23 de agosto, o Estado começará a receber as propostas de licitação de empresas de tecnologia.

Leia mais: Salvador BA suspende vacinação contra Covid-19 nesta sexta (20)

A ideia do Governo é que as empresas de tecnologia enviem seus projetos para arrecadação total de informações sobre vacinação e exames de Covid-19, além de ferramentas de certificação sobre tais informações.

Desse modo, a ideia é a criação deste novo aplicativo para facilitar a fiscalização de quem já tomou a vacina e de quem ainda não foi imunizado, ou foi apenas em parte.

Todas as informações foram liberadas nesta quista pela secretária executiva de Desenvolvimento Econômico, Ana Paula Vilaça no Palácio do Campo das Princesas, no Recife.

“Estamos construindo protocolos sanitários com a possibilidade da realização de eventos testes já nos próximos dias. E estamos convidando empresas para a elaboração de ferramentas para facilitar o acesso das pessoas em grandes eventos”, afirmou.

De acordo com a secretária, essa medida permitirá que as pessoas possam trafegar por meio de eventos como jogos de futebol, festas e eventos pessoais de forma mais segura e responsável.
Com isso, Ana Paula Vilaça comentou:

“Tudo estará checado e vai ter um QR Code para acesso. Nessa carteirinha vai ter foto e a pessoa vai mostrar que é ela. O que a gente quer coibir é que entrem pessoas sem vacinas e sem testes”.

O principal objetivo desta nova ferramenta é a segurança da saúde da população como afirmou a secretária, sendo Pernambuco o primeiro estado brasileiro a idealizar este aplicativo que funcionará como uma carteira digital de saúde.

Larissa Luna é graduanda em Psicologia pela Faculdade Frassinetti do Recife (FAFIRE) e graduanda em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Como universitária, estuda analises de pesquisas feitas a partir de conceitos sociológicos e antropológicos em paralelo com a Psicologia. Atualmente dedica-se a redação do Jornal O Norte.