INSS volta atrás e suspende perícia com atendimento presencial; veja o que fazer

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) havia divulgado o retorno dos atendimentos presenciais ontem (14). No entanto, o retorno foi adiado após a decisão dos médicos peritos. O adiamento será estendido até que sejam realizadas novas inspeções comprovando que todas as agências estão seguras para atender o público.

INSS volta atrás e suspende perícia com atendimento presencial; veja o que fazer
INSS volta atrás e suspende perícia com atendimento presencial; veja o que fazer (Imagem: Reprodução Exame)

Em nota o INSS informou : “O segurado que tinha agendamento para avaliação pericial, deve desconsiderar e proceder com a remarcação pelo Meu INSS e telefone 135.”

Motivo da suspensão

A Associação Nacional dos Peritos Médicos Federais (ANMP) informou que eles decidiram não retomar os atendimentos presenciais porquê das mais de 800 agências do INSS, apenas 12 foram aprovadas nas vistorias realizadas pela entidade.

A Associação disse: “Mesmo com todo o alarde da pandemia, ainda tínhamos agências sem EPI [Equipamentos de Proteção Individual] até o presente, dentre diversos outros problemas”, e ainda acrescentou: “Abrir apenas estas agências e manter fechadas as demais é inviável do ponto de vista gerencial e operacional e causaria potencial caos nas cidades devido a riscos de sobrecarga de demanda.”

O INSS disse que novas inspeções iriam começar a serem feitas ontem (14)  nas agências, em conjunto com a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho. O instituto destacou que “Comprovando-se a adequação dos consultórios, a perícia retomará o atendimento nessas unidades.”

Presidente do INSS pede desculpas

O presidente do instituto Leonardo Rolim, na entrevista que deu ontem à GloboNews, afirmou que novas inspeções serão feitas nas agências até quarta-feira (16) e espera que o atendimento seja liberado.

Nós avisamos as pessoas que as perícias agendadas para hoje teriam que ser reagendadas, nem todos infelizmente conseguiram a tempo a informação. Nós mandamos por SMS, pelo Meu INSS e por e-mail, mas peço desculpa às pessoas que foram às agências e não conseguiram receber a informação a tempo ou não temos algum acesso a algum meio de comunicação com essas pessoas.”

O presidente não soube dizer quantas pessoas estavam agendadas, mas acrescentou o seguinte:

“Muito em breve nós informaremos quando estará disponível o agendamento da perícia. Ninguém vai ter nenhum prejuízo, quando for feita a nova perícia e o benefício for concedido, ele será retroativo à data de requerimento original.”

Leia mais: Meu INSS: Passo a passo COMPLETO para agendar serviços no aplicativo e site

E por último, o presidente Leonardo Rolim pede para as pessoas terem um pouco de paciência e prometeu resolver os problemas de atendimento logo.

“As pessoas têm que ter um pouco de paciência e rapidamente esses problemas serão resolvidos. Não falta dedicação à equipe, nós sabemos que precisamos atender as pessoas, nós temos mais de 900 mil segurados que estão com processo de exigência, ou seja, precisam entregar algum documento complementar para o INSS, para esses serviços, as 540 agências estão funcionando normalmente. Quem tem exigências a serem cumpridas pode buscar a sua agência.”

Facebook Comments

Mariana Castro é formada em Pedagogia pela Universidade Brás Cubas em Mogi das Cruzes – SP. Atualmente trabalha como professora na rede privada de ensino e dedica-se a redação do Jornal O Norte.