Macapá inicia a 3ª fase da reabertura do comércio; veja o que vai funcionar!

O plano gradual de reabertura de atividades do comércio, lazer e serviços em Macapá entrou na terceira fase. Agora, diversos estabelecimentos podem retomar o atendimento presencial e os serviços essenciais podem funcionar em horário estendido. As alterações passaram a valer na quinta-feira (16).

Macapá inicia a 3ª fase da reabertura do comércio; veja o que vai funcionar!
Macapá inicia a 3ª fase da reabertura do comércio; veja o que vai funcionar! (Imagem: Reprodução Google)

Depois de 118 dias de restrições, restaurantes, academias de ginástica e dança, crossfit, lojas de móveis e eletrodomésticos, bares, lanchonetes e sorveterias podem voltar a receber público. Nesses locais, as medidas de segurança e higiene são exigidas.

A capacidade de público deve ser reduzida pela metade e a distância mínima deve ser de um metro entre clientes e dois metros entre mesas, com ocupação máxima de seis pessoas por mesa.

Leia mais: Eleições 2020: Conheça os principais pré-candidatos à prefeitura de Macapá

O uso de máscaras e álcool gel segue obrigatório, com retirada permitida somente na hora de consumir alimentos ou bebidas.

No início da semana, o governo do Amapá prorrogou a quarentena com suspensão de atividades não essenciais. Entretanto, cada prefeitura tem autonomia para definir regras locais. Na capital, atividades esportivas e culturais ou que gerem aglomerações continuam proibidas.

O que vai funcionar no comércio?

  • Atendimento presencial (com horários definidos)

Borracharias, chaveiros e carimbos; farmácias; funerárias; hotéis; motéis; transportadoras; serviços do aeroporto; feiras livres; clínicas e laboratórios; casas lotéricas; açougues; frutarias; revendedoras de água e gás; panificadoras; peixarias; supermercados; postos de combustíveis; academias; indústrias; prestadoras de serviços; comércio; petshops e outros.

A capacidade de público de igrejas e templos religiosos foi ampliada para 100 pessoas. Eventos do tipo drive-in foram limitados a 30 veículos.

Além disso, segue o rodízio na cidade. Alguns estabelecimentos podem atender apenas com agendamento ou serviços de entrega e retirada no local.

  • Agendamento / delivery / drive-thru

Bares; lanchonetes; restaurantes; sorveterias, pizzarias e churrascarias; agências de viagens; clínicas de estética; concessionárias e revendas de veículos; escritório e prestadores de serviços; imobiliárias e corretoras; lavanderia; serviços odontológicos; salões de beleza; estabelecimentos comerciais situados em shoppings centers e galerias comerciais, entre outros.

O Amapá acumula 33.004 casos confirmados de Covid-19, com 493 mortes. A capital Macapá tem 14.334 casos e 312 óbitos. Os dados são do boletim informativo sobre a situação do novo coronavírus no estado divulgado na terça-feira (14).

Facebook Comments

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do Jornal O Norte.