Maceió avança para fase azul por determinação do governo

Em entrevista coletiva governador Renan Filho (MDB) anunciou uma alteração nas fases do distanciamento social mais controlado, em Alagoas. A capital Maceió, antes na fase amarela, agora segundo determinação do governo avança para fase azul.

Maceió avança para fase azul por determinação do governo
Maceió avança para fase azul por determinação do governo. (Imagem: Google).

Já os municípios situados no médio e alto Sertão ficam na fase laranja, enquanto avançam para a fase amarela as demais regiões do estado.

As novas fases para os respectivos locais passam a valer a partir da próxima segunda-feira (17). Segundo o governador, apesar dos avanços, é preciso seguir vigiando, cumprindo o papel de cidadão.

Em Maceió, setor cultural está fora da fase azul e aguarda fase verde

O governador disse ainda que as alterações foram baseadas nos números apontados das semanas epidemiológicas verificados desde que a pandemia começou. O governo decretou ainda que setores culturais, que tinham estimativa de abertura na fase azul, foram retirados. Eles só terão autorização para funcionar na fase verde, a que vem a seguir em Maceió.

Leia mais: Dono da Havan visita Maceió e prevê instalação de loja na cidade

Abrangem os setores culturais museus, cinemas e teatros. O governador Renan Filho disse que mesmo com a fase azul, ainda não é o cenário adequado para abrir esse setor da economia.

Mais uma vez o chefe do governo apontou que a população deve fazer a sua parte no que diz respeito às medidas de segurança sanitárias, como adotar o distanciamento social e a utilização de máscaras e álcool gel. A preocupação é que caso os números voltem a subir, o governo tenha que retroceder alguma fase.

Alagoas possui 1.700 mortes por Covid-19

O último boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) divulgado na última terça-feira apontou que Alagoas chegou a 1.700 mortes em decorrência do novo coronavírus. No Brasil o número de mortos atingiu o número de 103.009 e mais de 3 milhões de casos confirmados.

O boletim divulgou que foram registrados 698 novos casos e com isso, o número de pessoas que testaram positivo para o Covid chegou a 68.935.

Dados apontam ainda que 62.379 pessoas estão recuperadas da doença, contudo, ainda existem há 1.113 aguardando exames. Em relação ao número de leitos, 26% dos 1.326 leitos criados estavam ocupados. Já nos leitos de UTI a ocupação chegou a 46%.

 

 

Facebook Comments