Mobilidade Urbana: Moradores de Recife reclamam de problemas de sinalização na PE-15

Na última segunda-feira (19), o portal G1 publicou reportagem expondo problemas que transeuntes enfrentam na rodovia que atravessa vários municípios da Região Metropolitana do Recife, a PE-15. Os relatos de pedestres, ciclistas e motoristas vão de buracos, calçadas quebradas e lixo à falta de iluminação nos 12 quilômetros da estrada da via impossibilitando a mobilidade urbana.

Mobilidade Urbana: Moradores de Recife reclamam de problemas de sinalização na PE-15 (Foto: Reprodução/TV Globo)
Mobilidade Urbana: Moradores de Recife reclamam de problemas de sinalização na PE-15 (Foto: Reprodução/TV Globo)


De acordo com o portal, a rodovia PE-15 é um caminho de muitos que saem de Paulista e Olinda em direção à capital pernambucana, além de também ser um dos principais corredores de ônibus da parte nortes do Grande Recife, com dois terminais de grande movimento, o Pelópidas Silveira, em Paulista, e o PE-15, em Olinda.

Problemas de mobilidade urbana encontrados

Ônibus enfrentam dificuldades por conta da grande quantidade de buracos na via, saindo da faixa exclusiva para a principal, na área central de Paulista. Mais à frente do local visitado, foi encontrado lixo e ponto de vazamento de água. A ciclovia não contava com nenhum tipo de sinalização e diversos trechos foram ocupados por residências, comércios e carros abandonados, além da falta de asfalto e iluminação do espaço.

Leia mais: Pernambuco libera calendário e anuncia voltas às aulas nesta quarta (21)

“Não tem quem fiscalize, não tem quem diga que não pode, não tem quem cuide. O povo é vítima, a maioria é quem tá se virando, dando seu jeito. De noite, aqui é escuro e eu tenho que disputar espaço com os carros”, declarou um ciclista que passa diariamente pela PE-15 à edição da emissora Globo transmitido na segunda-feira (19).

Perigo aos pedestres

No bairro Ouro Preto, em Olinda, o trecho da rodovia próximo à Avenida Chico Science foi tomado por mato e lixo. Moradores da imediação falaram de assaltos por conta da falta de iluminação e da dificuldade da caminhada por quem passa embaixo do viaduto, que se tornou um local de parada de caminhões.

Não há faixa de pedestres, o que obriga as pessoas a atravessarem no meio da rodovia, sem segurança e sinalização. Condutores também são flagrados realizando retorno em locais não autorizados, colocando em risco os pedestres que tentam cruzar a via.

Respostas

A TV Globo procurou a Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos de Pernambuco, que respondeu existir um contrato de manutenção da PE-15 e que são feitas constantes ações de manutenção, drenagem, requalificação do asfalto e capinação da via.





Jornalista graduada pela FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação). Foi repórter do site MigraMundo e Startupi, atuou na comunicação de ONG e em assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como jornalista freelancer e redatora do Jornal O Norte.