Pernambuco libera calendário e anuncia voltas às aulas nesta quarta (21)

Estudantes da rede estadual de ensino de Pernambuco poderão retomar os estudos presenciais a partir da próxima quarta-feira (21), o anúncio da volta às aulas, e de outras atividades presenciais, foi realizado na última quinta-feira (15) pela Secretaria de Educação e Esportes; levando em conta a decisão do Tribunal de Justiça de Pernambuco e o acordo com o (Sintepe) Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco.

Pernambuco libera calendário e anuncia voltas às aulas nesta quarta (21) (Foto: Alexandre Aroeira/Folha de Pernambuco)
Pernambuco libera calendário e anuncia voltas às aulas nesta quarta (21) (Foto: Alexandre Aroeira/Folha de Pernambuco)

O retorno será feito em etapas, a começar pelos alunos do Ensino Médio, do último ao primeiro ano de ensino regular. De acordo com o portal Folha de Pernambuco, os primeiros a serem recebidos nas escolas serão os discentes do 3º ano do Ensino Médio. Os alunos dessa respectiva série retornam na primeira etapa devido cursarem o último ano na Educação Básica e em preparação para o Enem, SSA/UPE e outros vestibulares.

Leia mais: Pesquisa para prefeito do Recife 2020: Veja quem é o candidato FAVORITO das eleições

Na semana seguinte, no dia 27 de outubro, as escolas poderão retomar as atividades presenciais com os estudantes do 2º ano. Já em novembro, no dia 3, estarão autorizadas as aulas presenciais dos alunos do 1º ano, do Ensino Técnico Concomitante e Subsequente e da Educação de Jovens e Adultos.

Segundo reportou o portal, o retorno dos estudantes é opcional; e o decreto do Governo do Estado segue com suspensão de aulas presenciais dos alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental até 19 de outubro.

Cronograma de retorno das aulas do Ensino Médio

3º ano: 21 de outubro
2º ano: 27 de outubro
1º ano: 3 de novembro

Greve e suspensão das aulas em Pernambuco

Antes da decisão de retomada das aulas presenciais em Pernambuco, o estado se viu diante de greve dos professores e o Tribunal de Justiça de Pernambuco autorizando a retomada das aulas.

No começo deste mês, no dia 6 de outubro, trabalhadores da Educação entraram em greve após o estado anunciar o retorno das aulas presenciais de forma escalonada, como o atual cronograma. À época, o Sintepe-PE (Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco) foi contra o retorno, argumentando falta de segurança sanitária.

Dois dias depois, o Sintepe-PE em comum acordo com o Governo de Pernambuco, informou que a greve foi suspensa. E que foi aprovada também a suspensão das aulas até o próximo dia 21 de outubro.

Jornalista graduada pela FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação). Foi repórter do site MigraMundo e Startupi, atuou na comunicação de ONG e em assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como jornalista freelancer e redatora do Jornal O Norte.