Mobilidade urbana: Prefeito de Teresina-PI promete ampliação da frota de ônibus

A partir desta semana, a Prefeitura de Teresina, capital do Piauí, dá início a segunda fase de reabertura das atividades econômicas. Alguns setores do comércio varejista e atacado, além de algumas atividades administrativas, serviços e religiosos voltam a funcionar. Desse modo, a frota de ônibus será ampliada para atender o crescimento da demanda.

Mobilidade urbana: Prefeito de Teresina-PI promete ampliação da frota de ônibus
Mobilidade urbana: Prefeito de Teresina-PI promete ampliação da frota de ônibus (Imagem: Reprodução Google)

De acordo com o prefeito da cidade, Firmino Filho, apenas 25% da frota de ônibus estava funcionando. Cerca de 10 mil passageiros estavam fazendo o uso do transporte coletivo por dia. Antes da pandemia, esse número chegava a cerca de 220 mil.

Segundo a prefeitura, a estratégia é determinar um horário diferente de funcionamento que vai variar de acordo com o setor. Assim, com a finalidade de reduzir a aglomeração nos transporte durante o período de retomada das atividades.

Com a retomada do comércio no Centro, teremos aumento da demanda e ao longo da semana aumentaremos frota para atender a população de forma segura. Os terminais continuam fechados”, disse Filho. 

Reabertura das atividades econômicas em Teresina

Conforme informado pela prefeitura do município, no comércio varejista já podem funcionar lojas de informática, telefonia e comunicação, eletrodomésticos, equipamentos de áudio e vídeo. Além disso, lojas de móveis e colchoaria, iluminação, instrumentos musicais e acessórios também estão autorizados. 

Ainda assim, artigos médicos e ortopédicos, ótica, joalheria e relojoaria, artigos para animais de estimação, equipamentos para escritório, artigos fotográficos e de filmagem e aparelho eletroeletrônicos também estão autorizados. 

Leia mais: Procon-PI inicia ação contra escolas particulares e pede redução de 30% nas mensalidades

Já em relação ao setor atacadista, conforme reabertura, estabelecimentos comerciais de produtos não essenciais, agências de viagens, pet shops e realização de serviços em edifícios também estão autorizados. 

De acordo com as regras, os estabelecimentos devem retornar com 50% dos trabalhadores nos espaços físicos. Aliás, será apenas por quatro dias na semana e seis horas de trabalho por dia.

Em relação ao comércio no centro do município, o horário de funcionamento será das 9h às 15h. Na zona leste, das 14h às 20h.  

O uso de máscaras e higienização continuam essenciais. Além disso, não só os trabalhadores como os clientes devem respeitar o distanciamento de 2 metros por pessoa. 

Atividades religiosas e ao ar livre 

As atividades religiosas devem ter redução de participantes a 30% da lotação máxima, segundo a prefeitura. Ademais, é dada a preferência para atividades ao ar livre, bem como manutenção das transmissões online. Crianças de 12 anos ou menos não devem participar. Além disso, é necessário o uso de máscaras e distanciamento social de 2 metros. 

Em relação às atividades que ocorrem ao ar livre, todas devem ser feita individualmente, respeitando assim o distanciamento.

A prefeitura informou que o Parque da Cidadania será reaberto ao público, porém em horário reduzido. A reabertura será a partir da próxima quinta-feira (30). 

Cumprimento das regras 

O prefeito Firmino Filho reforçou que as regras devem ser cumpridas. Sendo assim necessário o empenho de toda a população para que possam ter resultados positivos.

Se não respeitarmos as regras, vamos ter problemas como outras cidades tiveram no seu processo de reabertura e não queremos que isso aconteça aqui”, disse.

Mariana Cristina Rocha dos Santos é formada em Comunicação Social – Jornalismo pela Universidade Federal do Espírito Santo. Possui experiência em comunicação interna e externa no Teatro Carlos Gomes, espaço histórico-cultural capixaba. Além de produção para televisão, com pautas para programa de entretenimento, chamadas televisivas, spot para rádios e mídias sociais na TV Gazeta (afiliada à Rede Globo). Atualmente dedica-se à redação do Jornal O Norte.