Novo prefeito do Recife, João Campos, consegue feito INÉDITO na história do Brasil; entenda

Neste domingo, 29, algumas cidades do Brasil tiveram mais uma etapa de votação que configurou o segundo turno nas eleições 2020. Entre elas, está a capital do estado de Pernambuco, Recife. A disputa da vez foi entre os primos: João Campos (PSB) e Marília Arraes (PT) e o candidato de direita derrotou a prima petista por 56,27% por 43,73%.

Novo prefeito do Recife, João Campos, consegue feito INÉDITO na história do Brasil; entenda
Novo prefeito do Recife, João Campos, consegue feito INÉDITO na história do Brasil; entenda (Imagem: Google)

João Campos tem 27 anos e será o político mais jovem entre as capitais. Com as novas eleições, João vai ocupar em 1º de Janeiro de 2021 o comando da prefeitura que está sob governo de Geraldo Júlio por dois mandatos consecutivos.

Filho de Eduardo Campos que morreu em um acidente aéreo em 2014, João Campos se mostrou firme durante toda a campanha e seguiu a dinastia socialista na capital.

A cientista política Priscila Lapa explica o seu ponto de vista sobre a vitória do jovem prefeito João Campos:

“Foi a vitória das máquinas estadual e municipal que investiram de maneira expressiva na candidatura de João Campos”.

Campanha de João Campos

A caminhada política de João Campos (PSB) começou há quase 10 anos atrás em que ocupou o cargo de líder da juventude socialista aos 19 anos. Marília Arraes, até então vereadora da capital, rompeu relações partidárias com o primo quando o mesmo foi escolhido para a liderança da juventude do partido.

Após a derrota de Marília Arraes, o PT diminui o poder de crescimento entre as capitais e reduz significativamente a liderança entre legendas progressistas.

O que se viu no país foi uma guerra acirrada entre bolsonaristas e antibolsonaristas. Segundo resultado, as lideranças petistas alcançaram o segundo turno em 2 das 27 capitais do país. Foi derrotado em ambas.

Leia mais: IPTU 2021: Recife terá ou não aumento do Imposto Territorial Urbano no município?

Das 57 cidades brasileiras que houveram votação nas eleições de segundo turno, tiveram presença petista em apenas 15. Das 15, vitória do PT em apenas 4. São elas: Contagem (MG), Juiz de Fora (MG), Diadema (SP), Mauá (SP).

Desde o início das eleições, João Campos teve o apoio e foi assistido por muitos partidos. O total de 12 foram os que o apoiaram. Por conta disso, nas pesquisas  de intenções de voto, as preferências sinalizavam que ele ia ser o novo prefeito de Recife.

Depois do resultado das eleições, Marília agradece e mostra que vai seguir pronta para disputa até 2022. Em discurso, afirma:

Nós não perdemos. Mostramos as nossas ideias pro Recife e enfrentamos uma batalha contra as mentiras. Sou muito grata por todo o apoio, carinho e força que recebi de todo mundo, aqui e nas ruas. Conseguimos rachar a muralha do PSB. Da próxima vez a gente derruba”

Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do Jornal O Norte traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.