Pesquisa para prefeito de Maceió 2020: Veja quem é o candidato FAVORITO das eleições

A prefeitura de Maceió tem 10 candidatos na disputa eleitoral. Uma pesquisa de intenção de votos para as eleições 2020 divulgada na segunda-feira (19) mostra que a corrida está acirrada. Dois candidatos estão com empate técnico dentro da margem de erro; Alfredo Gaspar tem 27% e JHC, 25%. Em seguida, está Davi Davino Filho (PP), com 15%, que cresceu 10 pontos percentuais após o início do guia eleitoral, em comparação com a pesquisa do Ibope divulgada em 9 de outubro. Confira os resultados.

Pesquisa para prefeito de Maceió 2020: Veja quem é o candidato FAVORITO das eleições
Pesquisa para prefeito de Maceió 2020: Veja quem é o candidato FAVORITO das eleições. (Imagem: MP-AL)

Confira os candidatos favoritos para a prefeitura de Maceió nestas eleições

  • Alfredo Gaspar (MDB): 27% das intenções de voto
  • JHC (PSB): 25%
  • Davi Filho (PP): 15%
  • Cícero Almeida (DC): 6%
  • Josan Leite (Patriota), Lenilda Luna (UP), Ricardo Barbosa (PT) e Valéria Correia (Psol): 1% cada

Os candidatos Cícero Filho e Corintho Campelo não pontuaram. Dos entrevistados, 17% ainda estão indecisos e 6% pretendem votar em branco ou nulos. A pesquisa foi realizada com duas mil pessoas, entre os dias 14 e 16 de outubro. A margem de erro é de 2,19% para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.

Na pesquisa espontânea, em que os nomes dos candidatos não são apresentados, a ordem dos primeiros colocados se repete. Alfredo Gaspar fica com 22,7%, JHC com 20,2% e Davi Filho com 11,4%. Cícero Almeida aparece em seguida com 3,6% e Josan Leite, Ricardo Barbosa, Cícero Filho, Valéria Correia, Lenilda Luna e Corintho Campelo têm menos de 1%. Já os indecisos sobem para 40%.

Leia mais: Eleições 2020: TRE-AL autoriza comícios em 3 municípios da região norte do Brasil

Em relação aos índices de rejeição, a maior entre os primeiros colocados é do emedebista Alfredo Gaspar, com 10%, seguido por JHC, com 9%. Entretanto, no geral, o ex-prefeito Cícero Almeida é quem lidera a rejeição, com 34%, seguido de Cícero Filho, com 11%. O candidato Davi Davino Filho tem 7%, Valéria tem 6% e Corintho Campelo e Josan Leite têm 5%. A menor rejeição é de Lenilda Luna, com 4%.

Na primeira pesquisa Ibope, divulgada no dia 9 de outubro, Alfredo Gaspar tinha 26% das intenções de voto e JHC, 25%. Cícero Almeida tinha 10% e os outros candidatos tinham menos de 10% cada. Davi Filho, que aparece em terceiro lugar agora, tinha apenas 5%.

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do Jornal O Norte.