PIX vira ferramenta de paquera; Banco Central faz alerta sobre perigos

Com o surgimento do Pix (novo sistema de pagamentos que foi apresentado pelo Banco Central em fevereiro de 2020) internautas estão utilizando a ferramenta online para flertes. O Banco Central alerta os usuários dizendo que “é um meio de pagamento”.

PIX vira ferramenta de paquera; Banco Central faz alerta sobre perigos (Imagem: Reprodução / Google)

Nas últimas semanas muitas pessoas divulgaram seus dados do Pix nas redes sociais na tentativa de receber gratificações. 

A história mais famosa foi de uma pessoa no Twitter que bloqueou a ex-namorada em todas as redes sociais, com isso, a alternativa encontrada por ela foi de enviar pequenos Pix de R$0,01 como maneira de reatar a relação. 

Com a popularização da história muita gente tratou de pedir dinheiro via Pix através da internet e divulgando informações bem pessoais. 

Em resposta, o Banco Central repudiou a atitude e repreendeu os usuários que expuseram CPF e o número de telefone. 

Até o momento não existe a possibilidade de bloquear pessoas no Pix, há apenas a alternativa de não receber notificações. 

O Pix

Com uma forma gratuita de fazer transferências entre pessoas e empresas. A ferramenta deve substituir os tradicionais TED, DOC e boletos bancários e funciona em qualquer dia e horário da semana, além do pagamento e recebimento ser instantâneo. 

O intuito da ferramenta de embolso é ajudar nas transferências, pagamento de contas e até recolhimento de impostos e taxas de serviços.

Para pessoas físicas, o Pix se apresenta de forma gratuita, seja para transferir para outra pessoa, receber, pagar alguma conta ou um imposto, no caso das instituições governamentais.

Chaves Pix, como ter?

A Chave Pix é basicamente “apelido” ou “atalho” para a sua conta. É um dado que será utilizado para enviar dinheiro via a alguém ou receber – sem precisar, informar o banco, número da agência e da conta e nome completo, como ocorre em TEDs e DOCs.

Cada pessoa pode registrar até cinco chaves por conta, que podem ser:

Leia mais: INSS pede que servidores integrem grupo prioritário da vacinação contra Covid-19

  • O CPF;
  • O número de telefone;
  • E-mail;
  • Ou uma combinação numérica aleatória.

Não é preciso cadastrar uma chave para fazer ou receber um Pix: ainda será possível receber transações informando os dados pessoais e bancários do recebedor.