Prefeitura de Maceió anuncia leilão de veículos no município


No dia 6 de novembro, a Prefeitura de Maceió, através da Secretaria Municipal de Gestão, vai realizar um leilão de móveis e veículos recuperáveis e sucateados. São cerca de 104 lotes com mais mais de 110 produtos que serão leiloados presencialmente e online, a partir das 10h. Os interessados precisam fazer cadastro prévio, com até 72 horas de antecedência do início do pregão, para poder participar.

Prefeitura de Maceió anuncia leilão de veículos no município (Foto: Secom/Maceió)
Prefeitura de Maceió anuncia leilão de veículos no município (Foto: Secom/Maceió)

De acordo com o edita, os bens móveis e veículos pertencem ao acervo do Município de Maceió, avaliados como inservíveis para o Serviço Público, e também bens móveis objeto de apreensões, sob o intermédio e responsabilidade do Leiloeiro Oficial, Sr. Alexandre Almeida de Souza e Silva.

Leia mais: Pesquisa para prefeito de Maceió 2020: Veja quem é o candidato FAVORITO das eleições

O arrematador deverá efetuar o pagamento de 20% do valor da arrematação em dinheiro ou cheque nominal ao leiloeiro no ato da arrematação, a título de promessa de pagamento. O pagamento de 80% para a integralização do valor do lote arrematado deverá ser realizado à vista e em dinheiro.

Visitação em Maceió

Entre os dias 3, 4 e 5 de novembro, os interessados poderão conferir de perto os veículos em visitação que poderá ser feita de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 17h, no pátio do Leiloeiro, na BR-101, em Rio Largo. Por causa da pandemia do coronavírus, o uso de máscara vai ser obrigatório no momento da visitação. Não vai ser permitido testar os veículos.

É permitida, exclusivamente, a avaliação visual dos lotes em seus locais de exposição, sendo vedados quaisquer outros procedimentos como manuseio, experimentação e retirada de peças.

Inscrições

Os interessados precisam se cadastrar no site onde acontecerá o leilão, neste link, para análise dos dados do cadastro e confirmação da participação.

Os documentos exigidos para firmar a arrematação no leilão são: Identidade com foto, comprovante de residência,
CPF e, quando for o caso, procuração do representante legal da Pessoa Jurídica ou do licitante.

É vedada a participação, direta ou indireta, de servidores da CTAAF (Comissão Temporária de Acompanhamento, Avaliação e Fiscalização), assim como de pessoas jurídicas, das quais estes participem, a qualquer título.











Jornalista graduada pela FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação). Foi repórter do site MigraMundo e Startupi, atuou na comunicação de ONG e em assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como jornalista freelancer e redatora do Jornal O Norte.