Réveillon 2021 CANCELADO em Jericoacoara? Prefeitura toma decisão sobre eventos na praia

Nesta segunda-feira (14), a prefeitura de Jijoca de Jericoacoara anunciou em conta oficial do Instagram o cancelamento da tradicional festa de Réveillon 2021. A suspensão, que atinge eventos na praia, foi tomada mediante Decreto do Governo do Ceará com novas medidas de enfrentamento ao novo coronavírus no estado, publicado no Diário Oficial, proibindo a realização pelos entes públicos de festa no dia 31 de dezembro.

Réveillon 2021 CANCELADO em Jericoacoara? Prefeitura toma decisão sobre eventos na praia
Réveillon 2021 CANCELADO em Jericoacoara? Prefeitura toma decisão sobre eventos na praia (Imagem: Reprodução/Google)

Diante do Decreto Estadual, a prefeitura optou pelo cancelamento da queima de fogos, shows ou programação de entretenimento nas áreas públicas realizadas ou apoiadas pelo município que venham a promover aglomerações ou concentração de pessoas, podendo ocasionar em medidas coercitivas em caso de descumprimento.

“Nas áreas privadas estão suspensos quaisquer eventos sociais e corporativos, privados ou públicos, em ambientes abertos ou fechados. Em caso de descumprimento ensejará medidas coercitivas, sem prejuízo das ações administrativas, civis e criminais”, determinou a administração.

Leia mais: Réveillon 2021: Fortaleza é a 2ª capital mais procurada para romper o ano; como será o evento?

Réveillon 2021: decreto de suspensão de eventos no Ceará

No estado, o governador suspendeu quaisquer eventos sociais e corporativos, privados ou públicos, em ambientes abertos ou fechados entre os dias 15 de dezembro de 2020 a 4 de janeiro de 2021.

O texto também proíbe festas em áreas comuns de quaisquer condomínios, residenciais, de lazer e mistos; e limita a capacidade máxima de festas residenciais, em cada unidade, a 15 pessoas, incluídos os moradores e colaboradores.
As festas de réveillon, que acontecem na passagem de 2020 para 2021, poderão ser realizadas em ambiente virtual, ficando proibida a realização pelos entes públicos de festas na respectiva data.

A gestão estadual leva em conta o aumento de casos da Covid-19 no Ceará e as aglomerações que são comumente causadas com a proximidade do fim do ano e o esperado aumento da circulação e da aglomeração de pessoas no comércio e em eventos, ambientes propícios à proliferação do vírus.

Leia mais: Bolsonaro ignora 2ª onda de Covid-19 no Brasil: ‘Estamos vivendo um finalzinho de pandemia’

“O momento epidemiológico da Covid-19 no Estado inspira cuidados segundo as autoridades da saúde, não sendo recomendável a realização de eventos que possam causar qualquer tipo de aglomeração, especialmente neste final de ano”.

Também é considerado pelo governo do Ceará o controle mais rigoroso do desempenho de atividades econômicas e comportamentais com maior potencial de geração de aglomerações, além da proteção da população, enfatizando as pessoas acima de 60 anos e com comorbidades.

Jornalista graduada pela FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação). Foi repórter do site MigraMundo e Startupi, atuou na comunicação de ONG e em assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como jornalista freelancer e redatora do Jornal O Norte.