Santarém tem suspeita de infecção com variante Delta da COVID-19

Paciente recém-chegado de Goiânia testou positivo para COVID-19. Agora, se tem a suspeita de infecção com variante Delta. Essa variante surgiu na Índia, mas tem se espalhado por todo o mundo.

Santarém tem suspeita de infecção com variante Delta da COVID-19
Santarém tem suspeita de infecção com variante Delta da COVID-19 (Imagem/Reprodução: Pinterest/Guia do Estudante)

Mais um caso de contaminação pela variante Delta da COVID-19 está em investigação no Brasil, agora em Santarém, no Pará.

Uma mulher que chegou de Goiânia, capital de Goiás, testou positivo para COVID-19 e foi internada em um hospital particular em Santarém.

No entanto, a suspeita de contaminação pela variante acontece, pois, ela esteve em uma região com registro de casos.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) comentou sobre o caso.

“Por esse motivo, a Semsa coletou material e entregou ao Labimol/Ufopa. Que a pedido da Sespa, será encaminhado ao Lacen/Fiocruz para o exame de sequenciamento genético; que é capaz de identificar se a paciente possui ou não a contaminação pela variante delta”, informou.

Ela está em isolamento em casa e sendo monitorada.

Leia mais: Governo do Pará abre 4 concursos na área de saúde com 900 vagas

Variante delta da Covid-19 no Brasil

No Pará, até o momento, há registro de apenas um caso de contaminação por essa variante pelo Instituto Evandro Chagas (IEC).

Na semana passa um jovem de 26 anos que chegou de viagem aos Estados Unidos apresentou sintomas de Covid-19.

O registro dessa variante no país foi feito em maio desse ano.

De lá para cá, de acordo com o Ministério da Saúde, há registros de 497 casos dessa variante.

A última atualização dos dados aconteceu na última sexta-feira, 6, ou seja, são bastante recentes.

Nesse sentido, só no Rio de Janeiro são 203 casos da variante Delta.

Logo atrás está São Paulo com 85; Distrito Federal com 75; Paraná apresentando 54 e o Rio Grande do Sul com 45 casos.

Além disso, outros estados também registraram essa variante, mas apresentam menos de 10 casos confirmados, como acontece em Goiás com oito.

Do número total de casos da variante Delta, houve 25 mortes.

Continue acompanhando O Norte e fique bem informado.

Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora do Jornal O Norte.