Caixa anuncia NOVAS regras para financiamento de imóveis; veja o que muda

A Caixa Econômica anunciou na semana passada, novas formas de financiamento imobiliário para os clientes. Os novos serviços devem oferecer juros mais baixos e os imóveis devem ser mais acessíveis, possibilitando a realização do sonho da casa própria.

Sonho da casa própria: Caixa anuncia NOVAS regras para financiamento de imóveis (Foto: Reprodução Google)
Sonho da casa própria: Caixa anuncia NOVAS regras para financiamento de imóveis (Foto: Reprodução Google)

Na tentativa de movimentar o mercado imobiliário prejudicado pela pandemia do coronavírus, a Caixa passará a oferecer uma linha de financiamento imobiliário, que tem base na caderneta da poupança.

Agora, os contratantes podem financiar os imóveis de maneira acessível, com os juros significativamente reduzidos. Para que os serviços tenham sucesso, o banco deve levar em consideração as contas da Selic.

As novas condições para a compra da casa própria ainda não tem data de lançamento, mas o presidente da Caixa Pedro Guimarães, afirmou que em breve serão divulgadas.

Espera-se que até o final do ano, o financiamento já esteve apto para a contratação.

As taxas médias no Brasil, são guiadas pelo Sistema Especial de Liquidação e de Custódia Selic e atualmente ela está em 2%, isso significa que os cidadãos podem ter acesso ao produto mais barato, porém, os valores ainda podem ser reajustados de acordo com a economia do país.

“Estamos discutindo um quarto produto agora, devemos lançar em breve. Esse produto veio com a competição. Isso é muito bom, isso gera eficiência”. pontou Pedro Guimarães.

Leia mais: Caixa informa prazo para o início da nova forma de pagamento PIX

Caixa e as tentativas para sair da crise

Uma série de linha de financiamento vem sido oferecida pela Caixa, em 2019 foi liberado um crédito referente a inflação do país.

Já no mês de fevereiro, a Caixa anunciou o financiamento com a taxa fixa mas sem correção e reajuste, a cobrança variava entre 8% e 9,75% e é variada pela Taxa Referencial (TR), que atualmente está zerada.

O presidente pontuou ainda que, a intenção do programa é driblar as consequências econômicas da crise da Covid-19, mesmo com a inflação em alta, o lançamento deve movimentar o mercado financeiro imobiliário.

Os serviços são medidos pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), e as pesquisas apontam que R$15 bilhões de contratos foram iniciados e o retorno para o banco foi de quase R$1 bilhão.

Esse valor volta para o banco que permanece atuando na área imobiliária para movimentar e diminuir os impactos da crise.

A Caixa oferece uma plataforma online, com todas as diretrizes de financiamento imobiliário.

Larissa Luna é graduanda em Psicologia pela Faculdade Frassinetti do Recife (FAFIRE) e graduanda em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Como universitária, estuda analises de pesquisas feitas a partir de conceitos sociológicos e antropológicos em paralelo com a Psicologia. Atualmente dedica-se a redação do Jornal O Norte.