Transalvador anuncia leilão online de sucatas e veículos

No próximo dia 25 de novembro, a Transalvador (Superintendência de Trânsito do Salvador) irá realizar um leilão com veículos e sucatas apreendidas e retirados de circulação na capital de forma online. Para participar da arrematação, os interessados precisam se cadastrar no site Hasta Leilões até 48 horas antes do início do evento.

Transalvador anuncia leilão online de sucatas e veículos Foto: Valdecir Galor/SMCS)
Transalvador anuncia leilão online de sucatas e veículos Foto: Valdecir Galor/SMCS)

Podem participar do leilão os cidadãos que sejam maiores de 18 anos e pessoas jurídicas estão aptas a participar do leilão. Os documentos necessários são carteira de identidade original e CPF, para pessoa física. O valor inicial do lance varia de R$ 50 a R$ 500.

O leilão será realizado de forma on-line para evitar aglomerações, aqueles que desejarem participar do leilão online precisará fazer o cadastro no portal do site leiloeiro, neste link, observando as regras estabelecidas e aceitando as condições de venda. O cadastro passa por análise de dados para liberação, o que leva 48 horas para acontecer. Os lotes já estão disponíveis para lances antecipados.

Os interessados em visitar os itens que serão leiloados podem comparecer na Rodovia BA-526,km 1, nº 260, nos dias 21 e 22 de novembro, das 8h às 12h e das 14h às 17h. Não é necessário agendamento, basta comparecer com documento com foto e com uso de máscara e distanciamento entre as demais pessoas.

Leia mais: Salvador segue mais uma etapa de flexibilização e libera visitação no Farol da Barra

O presidente da Comissão de Leilão da Transalvador, Marcos Navarro, disse ao portal A Tarde que esta edição terá 63 lotes disponíveis para compra. O valor inicial de negociação do item mais barato é de R$ 195 e o mais alto, inicialmente, é de pouco mais de R$ 6 mil.

Segundo reportou o portal, o veículo deverá ser retirado no prazo máximo de trinta dias úteis caso contrário o vencedor do leilão perderá o valor desembolsado. Os veículos conservados adquiridos por pessoa física ou jurídica possuem direito à documentação e serão entregues livres de qualquer ônus anterior. Já os lotes de sucata só podem ser arrematados por pessoas jurídicas que tenham na sua atividade desmontagem de veículos.

Pagamento e retirada dos itens

Os itens arrematados deverão ser pagos integralmente no ato da licitação em transferência ou depósito bancário, seguindo orientações do leiloeiro. O veículo deverá ser retirado no prazo máximo de 30 dias úteis. Caso o item não seja retirado dentro do prazo, poderá ser caracterizado como abandono e o arrematante poderá perder o valor desembolsado.






Jornalista graduada pela FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação). Foi repórter do site MigraMundo e Startupi, atuou na comunicação de ONG e em assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como jornalista freelancer e redatora do Jornal O Norte.